Seis (6) criptomoedas que custam menos de R$ 1,00 que podem valorizar bastante

113

Você precisa conhecer o sistema de criptomoedas 

Por Devair G. Oliveira
Depois de pesquisar, ler alguns artigos e monitorar criptomoedas por um bom tempo percebi nestas criptomoedas uma boa tendência de alta, muitos investidores buscam  ativos com preços baixos que podem ter grande potencial de valorização. No mercado, essa é a famosa busca pela mina de ouro como foi o “Bitcoin”.

Geralmente isso leva a grandes perdas. Porém, o trader Ben Armstrong gravou um vídeo onde ele traz cinco criptomoedas que podem gerar bons retornos.

Segundo o trader, essas criptomoedas custam menos de US$ 0,10 e podem transformar investidores em milionários. Vamos conferir quais são.

FREECOIN

A moeda GRÁTIS é a moeda ideal para iniciantes em Crypto: baixo preço de introdução com potencial de crescimento real, comunidade amigável para apoiá-lo e uma ampla variedade de bolsas e carteiras.

Para cada iniciante, o GRÁTIS é a moeda ideal para aprender todos os aspectos da negociação de criptografia com risco financeiro muito baixo.

Mas também para o usuário de criptografia experiente, a moeda GRATUITA oferece uma boa diversificação de sua carteira de criptografia atual.

Nossos 3 objetivos principais:

1) Prepare o caminho para o USO GLOBAL DE MASSA da criptomoeda: 98% da população mundial ainda precisa “aprender a criptografar”. Nossa moeda GRATUITA é ideal para aprender a criptografar: uma moeda comunitária de várias cadeias de baixo custo / baixo risco com casos de uso do mundo real e uma grande comunidade de apoio.

2) Tornar a criptomoeda INCLUSIVA: permite o acesso aos lucros da criptomoeda também para pessoas com menos recursos financeiros. Portanto, fazemos a distribuição inicial a um preço baixo.

3) GRATUITO para quem não tem banco: As áreas de baixa renda atualmente não têm serviços bancários clássicos. Esses serviços bancários clássicos não podem ser implementados de forma lucrativa nessas áreas. O FREE permitirá transações de pagamento P2P, P2B e B2B com o menor custo nessas áreas.

A moeda GRÁTIS é uma moeda de utilidade para apoiar a transformação digital do mercado monetário global: de Fiat para criptografia

A moeda GRÁTIS está circulando no Ethereum Blockchain , Binance Smart Chain e no blockchain TRON . Mais blockchains serão adicionados no futuro. Isso torna a moeda GRÁTIS uma das poucas moedas cross-blockchain (outro exemplo de moeda cross-blockchain é USDT)

Temos uma equipe de suporte disponível para ajudá-lo em todas as suas dúvidas. Você pode entrar em contato com esta equipe por e-mail: [email protected]
Valor da FREEcoin  hoje: Nº  702               0,00000285         $28,17M              $586,67K

BTT

O BitTorrent é um dos sistema de compartilhamento peer-to-peer (P2P) mais usados no mundo. Em 2019 a rede lançou sua própria criptomoeda, que teve uma demanda muito grande.

Por isso, a BTT é de longe a criptomoeda mais conhecida da lista. Recentemente, ela ganhou muita popularidade no aplicativo TikTok, num efeito parecido com o que ocorreu com a Dogecoin no Twitter.

E Armstrong destacou que isso fez a criptomoeda atingir suas máximas históricas. Para ele, a tendência é que a comunidade mantenha o interesse. E isso faça a BTT se valorizar ainda mais.

“Uma recente alta de preços trouxe uma nova vida ao BitTorrent. O pessoal do TikTok adora moedas baratas, e o BTT se encaixa naturalmente neste grupo”, afirmou. Esta semana ela atingiu 226,56% de alta e está na sua máxima histórica, com 46,9 bilhões, superou a TRX ficando 11% colocação.

NPXS

NPXS é a criptomoeda que alimenta a rede Pundi X. Essa rede chegou a ser muito utilizada para pagamento na Venezuela. Até mesmo celulares com a sua blockchain chegaram a ser vendidos.

Armstrong alerta que a criptomoeda ainda não retornou ao seu máximo histórico, que ocorreu em 2018. Porém, ele listou uma série de fatores que podem impulsionar o preço da criptomoeda.

“NPXS anunciou recentemente um serviço de staking e uma queima de tokens. Para uma criptomoeda com 236 bilhões de tokens, isso deve ajudar a levar este projeto a uma forte tendência de alta”, disse.

HOT

HOT é a criptomoeda nativa da Holochain, rede que promove aplicações abertas e descentralizadas. Seu objetivo é ir além da tecnologia blockchain tradicional. E para Armstrong, esse é o grande atrativo dela.

“[Holochain] é um dos poucos projetos que ousaram pensar além do blockchain. Ela pega a ideia de blockchain e a expande, sendo mais rápida e descentralizada do que qualquer coisa que a própria blockchain tem a oferecer.”

De fato, o HOT chegou a bater sua máxima histórica nos últimos dias. O que indica que pode haver muito potencial de retorno, segundo Armstrong.

ONE

ONE, criptomoeda que é a base da blockchain Harmony, também foi citado por Armstrong. O trader argumenta que os fundamentos da Harmony levarão a ONE a se valorizar.

Lançada com o objetivo de melhorar escalabilidade, a Harmony busca competir com blockchains como o Ethereum. E pelo gráfico, ela tem feito um certo sucesso.

A ONE também se encontra em sua máxima histórica. Ela também é a criptomoeda de maior valor nominal da lista, custando US$ 0,20 por unidade. E ela pode se valorizar ainda mais.

“O Harmony é um bom projeto e está em um nicho muito bom, especialmente no momento. Ele busca resolver os problemas de dimensionamento do Ethereum em curto prazo. Embora Harmony tenha bombado muito, ainda pode haver mais para fazer”, disse Armstrong.

VET

VET é a criptomoeda utilizada na VeChain. Como as demais criptomoedas, ela está na sua região de máxima histórica. E para Armstrong, é uma das “apostas mais certas” da sua lista.

“Não há nenhum projeto mais forte no espaço de rastreamento da cadeia de suprimentos. O fato é que a VeChain é uma solução para um grande problema no mundo, tem fundamentos sólidos e técnicas sólidas, e ainda está abaixo de um centavo”, finaliza.

 

               

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui