Bombeiros continuam os trabalhos em Sardoá

156

117202_ext_arquivoCinco corpos  já foram identificados e uma criança ainda está desaparecida

O Corpo de Bombeiros Militar retomou, no início da manhã desta quarta-feira (18), os trabalhos em Córrego Malacacheta, zona rural de Sardoá, região do Vale do Rio Doce. Cinco corpos já foram identificados e levados para o IML de Governador Valadares. Uma criança ainda não foi localizada. Os quatro funcionários da Prefeitura que supostamente estariam desaparecidos não foram envolvidos na ocorrência.

Vinte e oito bombeiros de Governador Valadares e Belo Horizonte compõem as equipes que atuam no local, entre eles 16 bombeiros especializados em salvamento em soterramentos e inundações. Integrantes da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC), peritos da Polícia Civil de Guanhães e PMs de Sardoá também fazem parte da força-tarefa.

No terreno foram registrados escorregamentos de taludes em várias áreas e existe o risco de novos deslizamentos. Também foi identificada a queda de três pontes na Zona Rural, uma pequena inundação e o desmoronamento de duas casas no centro. Algumas famílias foram acolhidas em um abrigo montado pela Prefeitura em uma escola, mas ainda não há confirmação do número de pessoas no local. Três pontes caíram na Zona Rural.

Vítimas identificadas:

Maria da Conceição Souza – 50 anos

Vladimir de Souza – 24 anos

Walace Catarino Costa Souza – 9 anos

Wenderson Souza Batista  – 10 anos

Gabriela Souza Batista – 6 anos

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui