Ocorrências Policiais

171

ocorrencia_policialVendedor é vítima de roubo a mão armada

No dia de 26 de outubro de 2009, segunda-feira, às 10h15 na Rua Herculano Ker, s/n, Centro, Lajinha/MG, a vítima Durval Souza Teles, 45 anos, casado, Vendedor, procurou a PM e relatou que ao passar pelo local, fora abordado por 02 (dois) indivíduos desconhecidos em um VW Gol, Cor Branca, Placa de Cachoeiro de Itapemirim/ES, lembrando apenas dos dígitos 17 da placa, e que esses indivíduos perguntaram o que ele tinha dentro da bolsa, tendo Durval respondido que era vendedor e transportava um mostruário de roupas. O condutor do veículo desembarcou e levantou a camisa mostrando uma arma de fogo em sua cintura, em seguida arrancou das mãos de Durval a bolsa e fugiu logo em seguida.
Foram roubados os seguintes pertences: 16 Bermudas, 16 Camisetas Fashon, 16 Camisetas Machão, 16 Camisetas Regatas, 5 Short de Praia, 3 Cuecas, tudo da Marca ANDRIK. A vítima não soube dizer o tipo de arma que o autor portava.

CAPARAÓ – Preso por plantar maconha

No dia 26 de outubro de 2009, por volta das10h30 no Córrego Boa Vista, Zona Rural, Caparaó/MG, a PM após informação que o suspeito, Edson Wander Cardoso, 30, lavrador, estaria plantando pés de maconha no meio de um milharal, próximo a sua casa no Córrego Boa Vista, compareceu ao local, onde o suspeito disse que plantou um pé de maconha para consumo próprio, uma vez que é usuário da droga. Edson foi preso em flagrante delito e conduzido para Delegacia de Polícia.
Foi apreendido um pé de maconha com aproximadamente 22 (vinte e dois) centímetros de altura. Foi instaurado inquérito.

MANHUAÇU – Lavradora consegue fugir depois de receber golpes de faca nas costas

No dia 26 de outubro de 2009, por volta das 16h34, a PM compareceu Córrego Manhuaçuzinho, Zona Rural de Manhuaçu/MG, onde a vitima Eliane dos Santos Silva de Souza, 44, lavradora, informou que o suspeito Edio Rodrigues da Silva, vulgo “CAFÚ”, 30, lavrador, chegou à procura do marido dela e como ela disse que o mesmo estava trabalhando e os filhos estavam para escola, o autor disse que estava ali para matar o marido da vítima e, já que ele não estava, então mataria ela e depois os filhos, momento em que sacou uma faca tipo peixeira e desferiu dois golpes nas costas de Eliane e uma na orelha direita.
Eliane conseguiu fugir do local, ela não soube explicar o motivo que levou o suspeito a praticar tais agressões e dizer que estava ali para matar o seu marido. O suspeito após o fato fugiu.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui