Servidor público é preso por desvio de verba

187

O delegado da Polícia Civil de Córrego Novo, Fernando José Barbosa Lima, prendeu nessa sexta-feira (10), em flagrante, o servidor público Aníbal de Araújo Maia, 31 anos, por crime de peculato (artigo 312 do Código Penal). Contador da prefeitura, o funcionário público vinha sendo investigado a alguns meses por suspeita de desvio de verba pública, apresentando indícios de enriquecimento ilícito. O município no Leste do Estado, com cinco mil habitantes, apresentava uma grande disparidade na folha de pagamento comparado ao município vizinho Pingo d’Água, com as mesmas características. Recentemente, o prefeito Dalton Caetano Campos (PP), demitiu 30 funcionários que recebiam um salário mínimo porque não tinha recursos para mantê-los.

Procurado pelo prefeito e pelo gerente do banco, em Caratinga, onde Aníbal Maia mantinha conta corrente e alimentava contas de “laranjas”, o delegado Fernando Lima conseguiu evitar que o servidor público efetuasse um depósito no valor de R$ 13.000,00. A suspeita é de que ele vinha desviando recursos públicos há pelo menos quatro anos. Aníbal Maia está detido na delegacia de Córrego Novo e deve ser transferido para a cadeia de Caratinga ainda neste sábado (11). Ele vai responder pelo artigo 312, cuja pena prevista é de 2 a 12 anos de prisão

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui