CCJ aprova Mendonça e Alcolumbre terá dificuldade nas eleições para voltar ao senado

51

Alcolumbre é hoje o senador mais desgastado do senado

Por Devair G. Oliveira
Alcolumbre quis prejudicar Mendonça e Bolsonaro, mas o tiro saiu pela culatra, milhões de pessoas no Brasil estão pedindo o povo do Amapá para não votar no senador, isso se ele não for preso antes. Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado.
 
Alcolumbre (DEM-AP) amargou uma terrível derrota que ainda vai render até as eleições de 2022. a aprovação de André Mendonça para o Supremo Tribunal Federal (STF) por 18×9 votos na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), seguida dos 47×32 no plenário do Senado.
 
Sem votos para rejeitar a indicação do presidente Jair Bolsonaro, o senador do Amapá apelou para o poder que restava: a pauta da comissão. E tentou vencer pelo cansaço por mais de 4 meses. No fim, a própria CCJ o derrotou.
A demora ajudou Mendonça, pois foi suficiente para rolar nas redes sociais pedidos e mais pedidos de oração para o pastor que agora será Ministro da Suprema Corte, o tempo jogou contra Alcolumbre e os que torciam pela rejeição. Hábil e educado, o futuro ministro do STF teve mais tempo para se articular.
 
Além de Alcolumbre, quase toda oposição da CPI da Pandemia integra a CCJ, onde governistas são maioria, onde o voto é secreto.
O tempo que Mendonça teve que esperar foi Record na composição do STF, nenhum dos atuais ministros passou tanto tempo quanto Mendonça esperando sua sabatina na CCJ do Senado.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui