Comissão analisa conflito entre Dnit e moradores sobre faixa de domínio na BR-262

105

Câmara dos Deputados – NACIONAL

Deputado Padre João, que pediu a audiência sobre o trecho da BR-262

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados realiza audiência pública na terça-feira (24) para debater os procedimentos de adequação de faixa de domínio da BR-262, no trecho urbano do município de Manhuaçu (MG).

A audiência será realizada às 17 horas, no plenário 14, e poderá ser acompanhada de forma virtual e interativa pelo e-Democracia.

O deputado Padre João (PT-MG), que pediu a audiência, disse que a reunião pretende analisar a proposta de redução da faixa de domínio não edificável da rodovia BR-262, onde atualmente encontram-se edificações residenciais e comerciais por toda área (extensão de cerca de sete quilômetros), e que estão sendo objeto de judicialização pelo Dnit, visando o embargo ou demolição.

Segundo Padre João, existe projeto de construção do contorno rodoviário em Manhuaçu, e que esta obra “tirará a rodovia do perímetro urbano da cidade e o trecho, objeto da discussão, será via urbana, não cabendo mais faixa de domínio não edificável a ser respeitada, deixando então um dano irreparável sem motivo justo”.

Debatedores
Foram convidados para o debate:
– um representante do Ministério de Infraestrutura;
– o secretário especial substituto da Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (SPPI), Bruno Westin Prado Soares Leal;
– o presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico Social do Caparaó (Adesc), André Farrah;
– o deputado estadual mineiro João Magalhães Bifano;
– o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes  (Dnit), Antônio Leite dos Santos Filho;
– o superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit/MG), Luiz Carlos Magalhães Guerra;
– o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Rafael Vitale;
– a coordenadora de Exploração da Infraestrutura Rodoviária ANTT, Raquel Correa Lacerda Dutra;
– a prefeita de Manhuaçu, Maria Imaculada Dutra;
– o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Manhuaçu, Giovanni Baroni Pacheco; e
– o advogado e representante dos “Atingidos pela alteração legislativa em Manhuaçu”, Sérgio Viana Klem Júnior.

Da Redação do JM

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui