Médico explica o que é e quais são os sintomas da hanseníase

O médico Gregório Maciejewski, que trabalha na área de dermatologia sanitária no Amazonas, chama a atenção par o aumento no número de casos da doença no Brasil

O Repórter Solimões recebeu o médico polonês Gregório Maciejewski para falar sobre hanseníase. Formado pela Fundação Alfredo da Matta, de Manaus, ele é cardiologista e dermatologista pelo Hospital Israelita Alberto Einstein e, atualmente, trabalha na área de dermatologia sanitária no Amazonas.

A hanseníase, que antigamente era conhecida como lepra, tem aumentado no Brasil: segundo o médico, são aproximadamente 11 a 12 mil casos de hanseníase para 100 mil habitantes. No ano passado, o Amazonas registrou cerca de 300 a 400 novos casos, sendo cerca de 260 na capital e o restante, no interior.

De acordo com o especialista, a classe baixa é mais acometida pela doença, possivelmente por conta da vulnerabilidade social que as famílias enfrentam – como uma maior concentração de pessoas que moram na mesma residência, o que pode facilitar a propagação da doença entre os moradores, e a maior dificuldade de acesso à saúde.

Fundação Cristiano Varella 728

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui