Apenas sementes

Ensina um provérbio chinês que “todas as flores do futuro estão dentro das sementes de hoje”. Isso me faz lembrar um hipotético diálogo de uma historieta que percorre as infovias da Internet.

Um rapaz entrou numa loja e viu um senhor atrás do balcão. Maravilhado com a beleza do lugar, perguntou:

– O que vocês vendem aqui?

– As virtudes de Deus, respondeu o homem do balcão.

– Quanto custam? – voltou a perguntar.

– Não custam nada. Aqui tudo é de graça!

O rapaz ficou ainda mais interessado, e viu que havia jarros de amor, vidros de fé, pacotes de esperança, barras de paciência, muita oferta de sabedoria, fardos de perdão, pacotes grandes de paz e muitos outros elementos.

Embevecido com tudo aquilo, o rapaz pediu:

– Por favor, quero o maior jarro de amor, todos os fardos de perdão e um vidro grande de fé, para mim, para os meus amigos e minha família.

Então o homem do balcão preparou tudo e entregou-lhe um pequeno embrulho que cabia na palma da mão. Demonstrando incredulidade diante da pequenez do embrulho, o rapaz disse:

– Mas como pode estar aqui tudo o que pedi?

Sorrindo, o educado senhor lhe respondeu:

– Meu querido irmão, na loja de Deus não vendemos frutos, apenas sementes. Compete a você plantá-las!

O semeador cristão crê que as mesmas mãos que um dia exibiram sementes, no outro exibirão frutos. O salmista conhecia esta promessa: “Aquele que sai chorando a plantar a semente voltará com cânticos de júbilo, trazendo consigo seus feixes” (Sl 126.6 A21). Por isso, alguém disse que não existe agricultor ateu. Há um poema de Elizabeth York Case, que diz: “Quem quer que plante uma semente / e espera vê-la surgir da terra / confia em Deus”.

Que neste primeiro domingo do ano possamos nos decidir a plantar as preciosas sementes de Deus durante todo o ano, convictos de que o Criador tem poder para transformá-las em frutos belos e duradouros. Feliz 2016 para todos nós!

Pr. João Soares da Fonseca

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here