A carne é fraca… Lajinha poderá ter uma Lei de iniciativa popular…

A carne é fraca

Será que a Polícia Federal ao intitular a Operação Carne Fraca, estava considerando de fraca o espírito dos homens corruptos, ao qual é dito em Mateus 26?

“Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca.”

Versículos sobre a Carne – Na Bíblia nossa carne representa nossas fraquezas, a parte de nós que deseja o pecado. Todos temos dois lados: o nosso espírito, que quer fazer a vontade de Deus, e a nossa carne, que quer pecar.

Quem tem Jesus agora vive para Deus. Podemos resistir aos desejos da carne e escolher não pecar. O Espírito Santo nos transforma e nos ajuda a amar e escolher o que é certo. Um dia, no Céu, ficaremos livres dos desejos da carne viveremos totalmente para Deus.

A verdade é que os açougues de todas as cidades brasileiras aumentaram a procura e o cuidado com a procedência do produto.

Especialista | Recall – Operação Carne Fraca

A Secretaria Nacional do Consumidor (ligada ao Ministério da Justiça) determinou o recolhimento das carnes vendidas por três frigoríficos após a operação Carne Fraca.

Os consumidores têm se mostrado inseguros com a qualidade do produto adquirido e agora questionam quais são os seus direitos, morais e materiais, no caso das acusações feitas pela Polícia Federal.

“Se de fato ficar caracterizado que o produto mantém alto grau de nocividade ou periculosidade à saúde, há necessidade, de fato, da adoção de um plano de recall”, explica o especialista em relações de Consumo, Vinícius Zwarg.

O especialista está disponível para comentar os direitos dos consumidores e como o processo de recall deverá funcionar, entre outras questões:

1 – O consumidor pode pedir ressarcimento por ter adquirido/consumido a carne de um dos frigoríficos?

2 – De que forma essa questão deve ser tratada?

3 – A quem o consumidor deve recorrer se considerar que foi prejudicado?

4 – Há corresponsabilidade dos órgãos reguladores e da cadeira em geral?

5 – Como funciona o recall de alimentos?

6 – É possível rastrear o produto?

7 – Como os frigoríficos citados deverão proceder?

8 – O consumidor pode processar os responsáveis por supostamente venderem produtos inadequados?

Temer retira servidores estaduais e municipais da reforma da Previdência

O presidente Michel Temer anunciou na noite desta terça–feira que irá retirar os servidores estaduais e municipais do projeto de reforma da Previdência. Desta forma, o texto atingirá somente os funcionários públicos federais, além de trabalhadores da iniciativa privada. A proposta em tramitação no Congresso já exclui militares, bombeiros e policiais militares.

Em pronunciamento à imprensa no Palácio do Planalto, Temer disse que, após uma série de reuniões com aliados, percebeu a necessidade de dar autonomia aos Estados e municípios. Agência Brasil

O Brasil de cabeça para baixo

Você já parou para pensar, que em todas as situações em que passa o país, os mais prejudicados são os brasileiros mais humildes. Agora nossa situação econômica e política passa por problemas quase insolúveis. A esperança é que o povo assuma a responsabilidade patriótica em defesa da pátria e trabalhe para passar o país a limpo, não podemos ficar na dependência de corruptos.

Marcelo Odebrecht diz que Dilma sabia das doações via Caixa 2

“A Dilma sabia da dimensão da nossa doação, e sabia que nós éramos quem fazia grande parte dos pagamentos via Caixa Dois para João Santana. Isso ela sabia”, disse o presidente da Odebrecht. Marcelo Odebrecht disse ao TSE que Lula e Dilma sabiam das doações feitas via caixa dois. O relator da ação no TSE, ministro Herman Benjamin, encaminhou aos demais ministros da Corte um relatório parcial do processo, que está em sigilo e foi revelado na tarde desta quinta-feira (23) pelo site O Antagonista. Em uma parte dos documentos apresentados pela Odebrecht à Procuradoria-Geral da República, uma planilha atualizada até 31 de março de 2014 registra uma doação para o Instituto Lula, em ano eleitoral, no valor de R$ 4 milhões.

Advogado Roberto Gomes é afastado da Defensoria Pública

Esclarecimento da prefeitura: Sobre a Defensoria Pública, a Prefeitura de Manhuaçu esclarece que o Decreto Nº 014, de 16 de março de 2017, apenas regulamenta as atividades e designa a coordenação do setor, não sendo exonerado qualquer profissional no referido edital.

Sobre o dileto advogado citado no Facebook, o mesmo havia sido exonerado ainda no ano de 2012 no governo do então prefeito Adejair Barros (Decreto nº 1.596/2012, de 01 de novembro de 2012). A administração reitera que apenas manteve o quadro de servidores designados, sejam efetivos, comissionados ou mesmo na condição de estagiários, apenas e tão somente vedando o acesso de profissionais que não tenha vínculo jurídico com município.

Administração Municipal ressalta seu profundo respeito com todos profissionais que atuam na Defensoria Pública e de todos os demais setores da prefeitura.

No ensejo, temos a grata satisfação de informar a população que, a partir de segunda-feira, 27, a Defensoria Pública funcionará em novo endereço, na Rua Professor Manoel do Carmo onde se encontrava a Junta do Serviço Militar. Esta medida representará economia para os cofres públicos, já que o município pagará um aluguel a menos.

A Defensoria Pública continuará atendendo à população de Manhuaçu, não sendo possível atender ao público de outras cidades, conforme determina a legislação.

Lajinha poderá ter uma Lei de iniciativa popular

O trânsito em Lajinha está caótico, mas ninguém sabe quem poderá dar uma solução. Algumas pessoas disseram que alguns vereadores já falaram do assunto, mas projeto ainda não existem. “Câmara Municipal de Lajinha bem que poderia fazer um projeto de Lei que resolveria o problema, além de criar condições para empregar algumas pessoas que faria a fiscalização das ruas destinadas para o Cartão de Zona Azul. Muitas pessoas estão incomodadas com este problema, mas parece que as autoridades que poderia fazer alguma coisa, ainda não sentiram a falta de vagas para estacionar.

“As pessoas mais prejudicadas são os visitantes, empresários em trânsito pela cidade e principalmente os vendedores que visitam a cidade diariamente para suprir o comércio local. Há mais de três anos que esse problema faz parte dos diálogos das pessoas quase todos os dias, eu solicitei ao meu primo para fazer um abaixo assinado de iniciativa popular para dar entrada na Câmara Municipal”. Comenta Fernando Souza

Caminhada protesta contra a reforma da previdência

Professores e populares realizaram caminhada na Praça Padre Julio Maria, no Centro de Manhumirim, e percorreram várias ruas para uma manifestação contra a reforma da previdência. Os educadores das redes municipal e estadual de Manhumirim também marcaram presença na reunião da Câmara, na quinta-feira.

O país está enfrentando uma dura luta contra a reforma previdenciária assim como contra o desrespeito com as leis trabalhistas. Deste modo, os professores das redes municipal e estadual participam também de um debate as 9hrs nas rádios Manhumirim AM e Terra FM nesta sexta com representantes de diversas frentes sobre a reforma da previdência.

A mobilização é contra a reforma da Previdência (PEC 287), que entre outras coisas, prevê a idade mínima de 65 anos para a aposentadoria. A gestão do Presidente Michel Temer também apresentou um projeto para mudar a legislação trabalhista.

Moradores fecham a MG-111 em protesto novamente

Moradores de São José do Mantimento fizeram novo protesto na manhã de sexta-feira, 24/03, no km 25 da MG-111.

Equipe da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Manhuaçu compareceu ao trevo de acesso da MG-111 para o município de São José do Mantimento.

Segundo uma das líderes do movimento, a vereadora Ana Guerra, a manifestação reivindica ao Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DEER) a instalação de sinalização (olho de gato e placas), redutor de velocidade (lombadas e/ou radar) e iluminação, tendo em vista os acidentes ocorridos no local, principalmente com mortes, como o ocorrido no dia 11/03.

Os manifestantes – em torno de 30 pessoas – com o apoio da Polícia Militar, pararam o trânsito simbolicamente por 10 minutos. A líder do movimento e alguns representantes elaboraram um ofício a ser protocolado no DEER-MG em Manhumirim. A pista foi liberada ainda pela manhã. Carlos Henrique Cruz

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here