A pedido dos médicos, a viagem do Papa a Dubai foi cancelada

161

Francisco, dede sábado (25), apresenta um estado gripal e uma inflamação do sistema respiratório. Por meio de um comunicado a Sala de Imprensa do Vaticano declarou: “O quadro clínico geral melhorou, mas os médicos pediram ao Papa que não fizesse a viagem planejada para os próximos dias por ocasião da Cop28”. Francisco concordou “com grande pesar”. Nos próximos dias, serão definidas as modalidades da participação da Santa Sé na Conferência das Partes.

O cancelamento da 45ª Viagem Apostólica do Papa Francisco foi anunciado por meio de uma declaração do diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, no início da noite desta terça-feira, 28 de novembro.

Na nota, Matteo Bruni afirma que “embora o quadro clínico geral do Santo Padre tenha melhorado em relação à sua condição gripal e à inflamação do sistema respiratório, os médicos pediram ao Papa que não fizesse a viagem planejada para os próximos dias a Dubai, por ocasião da 28ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas”.

O pesar do Santo Padre

O diretor da Sala de Imprensa declara que “o Papa Francisco aceitou o pedido dos médicos com grande pesar e, portanto, a viagem foi cancelada”.

O comunicado enfatiza que “o Papa e a Santa Sé continuam dispostos a fazer parte das discussões que ocorrerão nos próximos dias”, e as modalidades pelas quais isso poderá ocorrer serão definidas o mais rápido possível

Vatican News

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui