Deixe Deus Surpreender Você

59

Nos anos da Grande Depressão nos EUA (1929-1930), morava em Chicago um senhor que tinha seis filhos e era carpinteiro. Um dia, a igreja de que fazia parte encomendou-lhe alguns caixotes para embalar roupas, que seriam enviadas para um orfanato na China. Ele os fez e os levou à igreja. De volta a casa, notou que algo lhe faltava. Não conseguia localizar os óculos. Revirou a casa inteira, mas não os encontrou. Muito lamentou essa perda porque, além de caros, ele os havia comprado na manhã daquele dia. A única hipótese era de que no momento de fechar os caixotes, seus óculos tivessem caído dentro de um deles, e assim teria seguido para a China.

Meses mais tarde, o missionário diretor do orfanato na China estava de férias nos EUA e desejava visitar todas as igrejas que apoiavam a sua obra. Vindo à igreja do carpinteiro, disse: “Quero agradecer também os óculos que vocês enviaram no ano passado. Os comunistas tinham invadido o orfanato e destruído tudo, inclusive os meus óculos. Mesmo que eu tivesse dinheiro, não teria como comprar lá óculos tão bons. Sem eles, além de não ver muito bem, passei a ter dores de cabeça diariamente. Então meus colaboradores e eu resolvemos orar sobre o assunto. Foi aí que chegaram os caixotes que vocês mandaram. Quando retiramos a tampa de um deles, os óculos estavam bem em cima. Experimentei-os e vi que era como se tivessem sido feitos de encomenda para mim”.

As pessoas pensaram que o missionário devia ter-se confundido, já que não havia óculos na lista de coisas que a igreja deveria enviar à China. Mas lá atrás, um simples carpinteiro agradecia a Deus o fato de ter sido usado por Deus para resolver o problema de alguém em terra tão distante.

“Pois o SENHOR, teu Deus, tem te abençoado em tudo o que tens feito; ele conhece tua caminhada por este grande deserto; o SENHOR, teu Deus, esteve contigo nestes quarenta anos. Nada te faltou!” (Dt 2.7).

Pr. João Soares da Fonseca

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui