Dez verdades essenciais que os casais devem se lembrar

48

1 – Que o casamento foi instituído por Deus, e é o próprio Deus quem o sustenta. (GN. 2: 24). Sendo assim o casal para ser feliz no matrimônio, precisa viver na dependência do Senhor absorvendo dele as instruções através das orações, estudo e meditação das Sagradas Escrituras (I Pd. 3:7). Estas instruções são abrangentes. As atribuições do marido e da esposa, confissão, perdão e reconciliação; comunicação no seio familiar; educação e disciplina dos filhos e etc.

2 – Que Deus confiou ao homem (marido) a liderança espiritual da família e a submissão da mulher (Gn. 2: 23, 24; Ef. 5: 22, 23).

A liderança, entretanto, não deve ser controladora, agressiva e autoritária a tal ponto de produzir na mulher imaturidade pessoal, fraqueza espiritual ou insegurança, mas com amor, ternura e humildade com o propósito de conquistar o respeito de toda a família. A mulher precisa ser submissa ao seu marido, mas isso não significa colocar o marido no lugar de Cristo, abandonando sua própria maneira de ser e nem transformar a submissão em omissão, pois ela precisa ter um papel influenciador sobre o seu marido.

3 – Dizer, oportunamente, eu te amo. (Ef. 5: 25, 28, 33; I Jo. 3: 16). Essa expressão deve ser acompanhada de ações sinceras, de tal maneira que o cônjuge perceba que as duas coisas estão em perfeita harmonia.

4 – Que marido e mulher precisam ser amigos e dignos de confiança (Pv. 31: 10, 11).Tanto o marido quanto a mulher precisam ter bons amigos, mas nenhum deles podem ser melhor amigo que seu cônjuge. Os cônjuges precisam ser confidentes.

5 – Que a prática da comunicação seja constante e transparente, pois esta é a melhor forma das pessoas se conhecerem melhor e viverem em harmonia (Ef. 4: 25 – 32). A recomendação bíblica a luz do texto acima precisa seguir alguns parâmetros:

1 – Falar a verdade em amor; 2 – Falar a verdade em espírito de oração; 3 – Falar a verdade para atacar o problema e não a pessoa; 4 – Falar a verdade honestamente; 5 – Falar a verdade e agir e não reagir.

6 – Não comparar o seu cônjuge com outras pessoas, pois ele é uma pessoa única, singular e especial (Sl. 139: 15,16). O perigo da comparação consiste em que quando comparamos, temos por objetivo desvalorizar o nosso cônjuge e supervalorizar a outra pessoa (Pv. 31: 28, 29).

7 – Coerência nas decisões e na educação dos filhos (Gn. 25: 28). É importante que haja coerência e acordo nas decisões que forem tomadas. Isto não será difícil se o diálogo for uma constante no seio da família, caso não haja consenso acerca de algum assunto, após buscar as orientações do Senhor, o marido deve dar a palavra final, visto ser ele o líder espiritual da família. Isto vale também para a educação e disciplina dos filhos. A atitude de Isaque e Rebeca, como expostas em Gênesis 25: 28 não devem servir de paradigma para outros pais.

8 – Nunca dormirem em camas separadas, por causa de desentendimentos, pois pode tornar-se um ciclo vicioso com consequências mais graves (Ec. 4: 11; Ef. 4: 26,27). Isso significa que os problemas precisam ser resolvidos rapidamente. É preciso confessar e se arrepender da raiva. Raiva não confessada dá espaço para satanás. Não deixe os problemas para amanhã, o mal de cada dia é suficiente. Jesus afirmou “basta cada dia o seu mal” (Mt. 6:34).

9 – Que são responsáveis pela realização sexual um do outro, de tal maneira que fique desmistificado, desmoralizado o mito da “grama mais verde” (I Cor. 7:1-5; Hb. 13:4). Deus criou o sexo para ser exercido no casamento, e um dos propósitos de Deus foi proporcionar prazer ao casal, portanto, tanto o marido quanto a mulher precisam, na relação sexual, sentir e proporcionar prazer.

10 – Compreender as diferenças sexuais um do outro (I Pd. 3:7; I Cor. 7:3; Col. 3: 19).

Homem . …………………………………………………………………………………………. Mulher

1- Para o homem é mais físico. . …………………………… 1- Para a mulher é mais emocional.

2- Precisa de pouco preparo. . …………….. 2 – Precisa de maior preparo emocional e mental.

3 – Estímulo pela vista e pela imaginação. . ……. 3 – Estímulo por toque e palavras românticas.

4 – Sexo é um evento. . ………………………………………………… 4 – Sexo é envolvimento total.

5 – O clímax é muito importante. . ……………………………… 5 – O clímax não é tão importante.

[email protected]

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui