Brasil em ritmo de guerra civil escancarada…

306

V Encontro Portugal-Minas Gerais

Na quinta edição do evento em julho, em Lisboa, Governo de Minas Gerais apresentará os programas Mulheres por Minas e +Gastronomia O governador Fernando Pimentel recebeu nesta sexta-feira (16/3), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, comitiva de Portugal para o lançamento oficial do V Encontro Portugal-Minas Gerais, que acontece hoje no Mercado Central.

A quinta edição do encontro, que será realizado entre os dias 5 e 6 de julho, em Lisboa, vai contar com a apresentação do programa Mulheres por Minas, além de ações do +Gastronomia. A missão bilateral também reforça as relações diplomáticas e comercias em diferentes setores da economia de Minas Gerais e Portugal.

“Temos uma relação internacional profunda com Portugal, por razões históricas. Minas Gerais é o estado mais português do Brasil, temos traços no nosso território, na gastronomia, na literatura, na arte. Esse encontro tem se consolidado e fortalecido. Estamos avaliando como muito positivo”, afirmou o governador Fernando Pimentel após o encontro.

Participaram da reunião o empresário Casildo Quintino, o CEO da Caxamar, Gonçalo Nuno, o presidente do Mercado Central, Geraldo Henrique, o líder do Governo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado estadual Durval Ângelo, e a coordenadora do Pro-grama +Gastronomia, Marina Bras. Crédito (foto): Gil Leonardi/Imprensa MG

General se manifesta fortemente sobre a morte da vereadora do PSOL e post repercute na internet

Veja abaixo o texto na integra:

Consagração da hipocrisia ou do desrespeito?

Caros amigos

Fico em dúvida se qualifico a comoção pela morte da vereadora Marielle Franco como hipocrisia ou como desrespeito aos mais de 60 mil brasileiros que morrem por ano em condições semelhantes, aí incluídos centenas de policiais.

Pela qualidade e pela quantidade de políticos dos partidos que nas últimas décadas nada

fizeram pela segurança dos cidadãos, muito pelo contrário, sou levado a afirmar que ambos os comportamentos norteiam a falsidade das lágrimas.

Ninguém sabe ainda quem cometeu o crime, mas posso assegurar que quem o fez atendeu, mesmo que com outras intenções, ao desejo quase incontido e inescondível dos líderes das espetaculosas manifestações de protesto e comoção que contaminam as manchetes de todos os jornais do País e, por osmose, até do exterior, com o único e vergonhoso objetivo de desmerecer e boicotar a necessária intervenção federal em processo na Segurança Pública do Rio de Janeiro.

Afinal, quantas mulheres “incríveis e corajosas” como Marielle morrem todos os dias no Brasil em consequência da falta de honestidade, de pulso, de coragem, de energia e de efetividade no combate aos criminosos que são, demagogicamente, paparicados pelos mesmos que choram a sua morte em busca de poder e de alguns segundos a mais de “fama”?

Lamento a morte da vereadora, tanto quanto a de seu motorista e de outros brasileiros que se foram nas mesmas condições, mas repudio, enojado, a exploração midiática dessa violência, porquanto, em seu âmago, ela tem por finalidade exatamente o contrário do que querem fazer crer os falsários que em nome dos “direitos humanos” desrespeitam a vida e se colocam contrários ao combate, sem tolerância, aos criminosos de todos os tipos, matizes e colarinhos que insistem em dominar o Brasil e em continuar a matar, impunemente, outras tantas Marielles!

É tempo de acabar com a politicagem, com o desrespeito e com a hipocrisia! Gen Bda Paulo Chagas

Jovem brasileiro adotado por família italiana retorna ao abrigo em São Paulo após 15 anos

Lar Vinícius comemora histórias com final feliz, mas luta para continuar atuando.

Família italiana adotou duas crianças brasileiras; Igor à direita emocionou-se ao rever o abrigo e o país onde nasceu. Foto divulgação.

Falando italiano e sonhando em ser chefe de cozinha, o jovem Igor André, de 20 anos, visitou na última semana o abrigo Lar Vinícius, em São Paulo, onde viveu de 2001 a 2003 até ser adotado, aos cinco anos, por uma família italiana. O jovem emocionou-se ao ver as fotos da infância, documentos, funcionários da época e até a escola onde estudou.

Essa é uma das muitas histórias felizes de adoção que o Lar Vinícius promoveu desde que foi oficializado, em 1996. Segundo a diretora da instituição, Maria Inês Ribeiro, nesses mais de vinte anos, 274 crianças já passaram pelo abrigo, sendo 140 adoções nacionais, 23 internacionais, e 86 crianças retornaram à família. Hoje o abrigo acolhe 17 crianças até seis anos.

Moradores da Petrina reclamam de matagal em terreno

Os moradores da Rua Apinagés pedem que por gentileza a Vigilância Sanitária faça uma visita nesse local, o mato tomou conta de um lote sem construção e está causando vários transtornos aos moradores da proximidade.

Além dos possíveis criadouros de mosquitos, e com as chuvas temporárias ficam ainda piores, os insetos atacam pra valer, sem contar o perigo da Dengue nesse local. Agradecemos a gentileza das autoridades.

Lajinha terá uma creche INFANTIL-PRÓ-INFÂNCIA-TIPO 1

CONSTRUÇÃO DE UNIDADE DE EDUCAÇÃOINFANTIL-PRÓ-INFÂNCIA-TIPO 1

Valor Total da Obra: 1.490.871,84

Agentes Participantes: Governo Federal

Comunidade: Bairro ITA e Prefeitura Municipal.

Município: Lajinha – MG Início da Obra: 08/03/2018

Objeto: Construção de Unidade de Educação

Término da Obra: 08/03/2019

Infantil-Pró-infância- Tipo 1

FNDE Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação

Cadê a indignação do povo

Pastor Cláudio Duarte – Gisele Palhares Gouveia, 34 anos, cuja profissão era salvar vidas atuando como médica, foi assassinada ontem na Linha Vermelha RJ com dois tiro na cabeça após uma tentativa frustrada de assalto.

Gisele, embora mulher, não era negra, não era pobre, não era feminista, não era militante de partido político, não frequentava o círculo LGBT, não era do MST, CUT ou PSOL, não estava dentro dos programas de assistência e cotas do governo. Enfim, não preenchia os requisitos necessários para uma mobilização nacional, tão pouco que merecesse a menor atenção dos Direitos Humanos. Ela, assim como eu e você, não era ninguém!!!

Os bandidos??? Ah! Esses passam bem, obrigado!

Já fez sua inscrição para o II CONGRESSO DO MOVIMENTO AVANÇA BRASIL?

Reserve já sua participação no site https://avancabrasil.vpeventos.com

*No site temos quatro tipos de inscrições para que todos possam participar ou colaborar:*

– Inteira: R$ 20,00

– Meia: R$ 10,00

– Adesão on-line: R$ 10,00 (quem não pode estar no local mas vai assistir em nossa página)

– Não posso contribuir mas quero participar (grátis)

Dado que não tem desculpa para não fazer sua inscrição/ colaboração com o Movimento, aqueles que não o fizerem, demonstram falta de comprometimento com nossa agenda e desta forma *serão excluídos de nossos grupos de Whatsapp* após o dia 21/04!

Contamos com a participação de todos, pois *O BRASIL TEM JEITO, DEPENDE DE NÓS !!!*

Comitê Executivo Movimento Avança Brasil

*FAÇA SUA INSCRIÇÃO!* – http://AvancaBrasil.vpeventos. com

Brasil em ritmo de guerra civil escancarada

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net Por Jorge Serrão – [email protected]

A corrupção sistêmica, a intolerância político-ideológica e o descontrole da violência com fins claramente revolucionários estão gerando a guerra civil escancarada no Brasil. Já sofremos os efeitos diretos do conflito não declarado, com mais de 60 mil assassinatos por ano. No Rio de Janeiro sob Intervenção Militar na área de Segurança Pública, a execução de uma vereadora do PSOL, “defensora dos direitos humanos”, líder comunitária da região de favelas da Maré, dará mais dimensão internacional ao fenômeno da barbárie brasileira.

Uma esquerda irresponsável, criminosa e totalitária resolveu, definitivamente, investir no discurso canalha de ataque ao Judiciário, ao Ministério Público, às Polícias e às Forças Armadas, na tentativa escrota de relacionar tais instituições com o autoritarismo. O plano deles não é fazer críticas para aprimorar tais instituições e suas imperfeições ou erros. O objetivo claro da canhota revolucionária é apenas desmoralizar os segmentos que resistem contra um projeto claro de implantação de um regime explicitamente totalitário no Brasil.

A petelândia desvairada está na vanguarda do atraso revolucionário. Seus militantes e meliantes querem tirar o máximo proveito da situação judicial de seu líder máximo Luiz Inácio Lula da Silva. Eles entraram ontem com um novo pedido de Habeas Corpus no Supremo Tribunal Federal, para impedir a inevitável prisão de Lula. Agora, claramente, querem passar por cima da suprema-presidente Cármen Lúcia para que o novo recurso seja julgado pela 2ª turma do STF, onde atuam ministros que têm cumprido a estranha rotina de ordenar a soltura de bandidos.

As Forças Armadas e os segmentos esclarecidos da sociedade brasileira não podem cair na armadilha da estratégia revolucionária. Os brasileiros honestos não podem perder a oportunidade inédita em nossa História para romper com a estrutura criminosa e implantar as transformações institucionais que a Nação não pode mais adiar. Não podemos tolerar arbitrariedades e muito menos incentivar tendências a isolamentos. O momento é de defesa responsável da Democracia (a Segurança do Direito).

A única saída é uma cirúrgica Intervenção Institucional. A prioridade imediata é reinventar o Brasil e suas instituições corrompidas pelo Crime. As Forças Armadas têm o dever histórico de apoiar e dar sustentação aos grupos organizados que lutam pelo aprimoramento institucional imediatamente. O resto é conversa fiada.

O medo das esquerdas e da mídia satânica é o sucesso da Intervenção que poderá levar às ruas do Rio e do País uma aclamação nacional em louvor às Forças Armadas. Com ressonância externa.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui