A REDESCOBERTA DA LITERATURA

104

Luiz Carlos Amorim – Fpolis SC para o JM Online

amorim3jpegPara um país onde ainda se lê pouco, é surpreendente constatar-se, a partir não só das livrarias e das bancas, essas últimas oferecendo, também, literatura clássica, universal e contemporânea a preços bem acessíveis, mas principalmente das feiras, uma tendência de crescimento na venda de livros no Brasil. Editores e livreiros têm comemorado, nos últimos tempos, a boa maré de venda de seus produtos.
Em Santa Catarina a temporada de feiras de livro começa em abril, com a Feira de Joinville e a Feira Catarinense do Livro de Florianópolis em maio. E as feiras se multiplicarão pelo estado e por todo o país, tentando oferecer uma gama maior de títulos, às vezes a um preço menor do que o praticado nas livrarias. Mas o forte das feiras não é mais oferecer o livro mais barato, e sim reunir num mesmo lugar todo tipo de opção para um público que gosta de ler.

Paradoxalmente, o aumento da procura do livro pelo brasileiro dá-se justamente quando a crise econômico-financeira dá as caras, com o poder aquisitivo da população se reduzindo inexoravelmente. É em meio a essa crise mundial, o desemprego grassando, que as pessoas procuram mais o livro, pois outros tipos de lazer e passatempo são mais caros.

E isso é um ponto importante a se frisar, quando nem todos ficam assistindo televisão, esse instrumento cada vez mais alienante, usando o tempo livre para ler, adquirir conhecimento, viajar nas obras dos grandes escritores, usufruir da cultura dos livros, um tanto cara, mas com alternativas para superar esse obstáculo.

Os grandes jornais oferecem, com certa frequência, coleções de livros por preços muito acessíveis. Até as grandes editoras, de tempos em tempos colocam nas bancas coleções de literatura clássica e/ou contemporânea com bela apresentação e preços módicos.
É questão de se ficar atento para saber onde estão as boas possibilidades de leitura.

Sobre o autor: Luiz Carlos Amorim é Coordenador do Grupo Literário A ILHA em SC, com 28 anos de atividades e editor das Edições A ILHA, que publicam as revistas Suplemento LIterário A ILHA e Mirandum (Confraria de Quintana), além de mais de 50 livros. Editor de conteúdo do portal PROSA, POESIA & CIA. e autor de 25 livros de crônicas, contos e poemas, três deles publicados no exterior. Colaborador de revistas e jornais no Brasil e exterior – tem trabalhos publicados na Índia, Rússia, Grécia, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Cuba, Argentina, Uruguai, Inglaterra, Espanha, Itália, Cabo Verde e outros, e obras traduzidas para o inglês, espanhol, bengalês, grego, russo, italiano -, além de colaborar com vários portais de informação e cultura na Internet, como Rio Total, Telescópio, Cronópios, Alla de Cuervo, Usina de Letras, etc.

Por Luiz Carlos Amorim (escritor e editor)

Visite o Portal PROSA, POESIA & CIA.
do Grupo Literário A ILHA, em
http://br.geocities.com/prosapoesiaecia
Lá está a revista Suplemento Literário A ILHA,
edição 108 de Março de 2009,
com muita prosa e poesia e muita informação literária e cultural,
a revista eletrônica Literarte de Abril, com poemas
e crônicas e mais discussão sobre a nova reforma ortográfica.
Além de dezenas de seções como Grandes Mestres da Poesia,
Autores de SC, Literatura Infantil, antologias
como Todos os Poetas, O Tema do Poema,
Feira de Contos, Crônica da Semana, etc.
Veja o número 4 da revista Mirandum, da Confraria de Quintana, em pdf.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui