Correios participa do programa Computador Portátil para Professores

191
Ministro das Comunicações Hélio Costa
Ministro das Comunicações Hélio Costa

A partir da próxima segunda-feira (31) os Correios de 64 municípios brasileiros colocam à disposição dos professores em atividade das redes pública e privada, computadores portáteis com preços e prazos especiais. O programa do Governo Federal batizado de “Computador Portátil para Professores” utilizará a ampla rede de lojas dos Correios para a captação dos pedidos, repasse aos fabricantes e entrega de notebooks aos compradores. Numa segunda fase, a venda pelos Correios será estendida para capitais e em seguida para os demais municípios brasileiros.

Segundo as regras do programa, cada professor somente poderá comprar um computador, ao preço máximo de R$ 1.400,00, incluindo o frete. Os pedidos devem ser feitos pessoalmente nas agências dos Correios que operam com o Banco Postal ou nas agências dos bancos credenciados (Banco do Brasil e Caixa). Para tanto, o educador deverá apresentar cópia e original dos documentos pessoais (RG e CPF), contracheque, comprovante de residência e declaração da escola, conforme modelo disponível no site do governo (www.computadorparaprofessores.gov.br).

Nas agências dos Correios, o pagamento poderá ser feito à vista (em dinheiro) ou por meio de financiamento realizado no Banco Postal (somente para os correntistas). Uma vez aprovado o crédito, o pedido será encaminhado à indústria. Após a fabricação, a ECT providenciará a coleta, o transporte e a entrega da encomenda ao professor. Confira, abaixo, a lista das 64 cidades participantes do programa.

Relação de Cidades Atendidas na 1ª Fase

UF – Nome do Município – AC – RIO BRANCO – AL – CURURIPE
AM – PARINTINS – AP – MACAPÁ – AP – SANTANA – BA – BOA VISTA DO TUPIM
BA – MORTUGABA – BA – PRESIDENTE DUTRA – CE – SÃO GONÇALO DO AMARANTE
CE – SOBRAL – ES – ALFREDO CHAVES – GO – CARMO DO RIO VERDE – GO – CEZARINA
GO – FORMOSA – GO – PIRANHAS – GO – RIO VERDE – GO – CRIXÁS –
MA – ALTO ALEGRE DO PINDARÉ – MA – POÇÃO DE PEDRAS – MG – DIVINÓPOLIS
MG – JOÃO MONLEVADE – MG – LAGAMAR – MG – RIO PIRACICABA
MG – SANTA RITA DE CALDAS – MG – LAGOA FORMOSA – MS – CAMPO GRANDE
MT – APIACAS – MT – COMODORO – MT – RONDONOPOLIS – MT – TABAPORA
PA – ALTAMIRA – PA – SANTARÉM – PA – PARAUAPEBAS – PB – ESPERANÇA
PE – CARNAÍBA – PE – TRIUNFO – PI – FRONTEIRAS – PI – TERESINA – PR – JESUÍTAS
PR – MARILENA – PR – JOAQUIM TÁVORA – PR – PINHAIS – PR – REALEZA
PR – SÃO JORGE D’OESTE – RJ – SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA -RJ – SÃO JOSÉ DE UBA
RN – ACARI – RO – CEREJEIRAS – RR – BOA VISTA – RS – ARROIO DO MEIO – RS – PARAÍ
RS – FARROUPILHA – RS – HORIZONTINA – RS – SAPIRANGA- SC – GUARÁMIRIM
SC- IPORA DO OESTE – SE – POÇO VERDE – SP – SANTA FÉ DO SUL – SP – SETE BARRAS
SP – SUD MENNUCI – SP – VOTUPORANGA – TO – ALVORADA – TO – ARAGUAÍNA
TO – PALMEIRÓPOLIS

Contato:
imprensa@correios.com.br
(61) 3426-2008 / fax (61) 3426-2980

 Assessoria de Comunicação
Correios – DR/MG
(31) 3222-8227
(31) 86743969

3 COMENTÁRIOS

  1. E ainda falam que a educação é umas da s prioridades dos nossos governos. É tão vergonhoso que um programa como esse fique tanto tempo em fase de experiência. Aliás, o computador para o professor tinha que ser garantido por lei, já que tornou-se um instrumento de trabalho indispensável, então, o servidor público tinha que ter acesso facilitado a essa ferramenta de trabalho. Não pagam salário, pelo menos poderia garantir o instrumento de trabalho. Afinal, não estamos num sistema feudal de produção, ou estamos?

  2. Em se trantando de educação, já pode simplificar o assunto.
    É uma profissão desvalorizada e o pior a remunerção nem se fala, porttanto é bom lembrar, que se existe algo que pode fazer, por favor pense com carinho e simplismente fça dsse pensamento uma ação.
    essa atitude será de grande importância e com certeza mexerá com a auto-estima dos professores.

    Atenciosamente
    Elisabete

  3. Também concordo que o instrumento de trabalho para os professores deveria ser disponibilizado pelo Governo.No PR não podemos reclamar porque em matéria de equipamentos para o professor estamos em primeiríssimo lugar eu acredito!Quem sabe se nosso Governador Roberto Requião não nos faça essa surpresinha em!?Afinal ele está feliz com os resultados da educação no PR!Vamos aguardar!

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui