Delegados da UNE escolhem entre quatro chapas concorrentes

203
Brasília - Estudantes de todo o Brasil participam do 51º Congresso da UNE (Conune) no ginasio Nilson Nelson Foto: Marcello Casal JR/ABr
Brasília - Estudantes de todo o Brasil participam do 51º Congresso da UNE (Conune) no ginasio Nilson Nelson Foto: Marcello Casal JR/ABr

Brasília – A eleição para compor a nova diretoria da União Nacional dos Estudantes UNE) tem início com quatro chapas concorrentes. As candidatas são: Oposição de Esquerda, ligado ao P-Sol; Mude – Movimento UNE Democrática, ligado ao PT; Vai Surgir uma Nova Frente, movimento independente formado por estudantes da PUC; e Avançar nas Mudanças, com apoio de lideranças estudantis do PCdoB, PT, PMDB, Partido Pátria Livre (PPL), PTB e PSB, da atual presidente Lúcia Stumpf.

Depois das inscrições, representantes de oito chapas subiram, por volta de 13h30, ao palco montado no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília, para apresentar suas propostas. Ao final das apresentações, entretanto, três delas retiraram a candidatura para apoiar outras chapas.
Uma, formada pela Aliança da Juventude Revolucionária (AJR), ligada ao PCO, se manifestou contra o congresso realizado pela UNE e informou sua retirarada da disputa, por considerar que os movimentos atuantes que participaram das ocupações como as das universidades de São Paulo (USP) e de Brasília (UnB) não estão representados na entidade, na forma de delegados.

Neste momento, os mais de 5 mil delegados da UNE estão em processo de votação. A chapas concorrentes podem indicar, dentro do quadro de 85 pessoas que compõem a diretoria da entidade, um número de diretores proporcional à votação que obtiverem. Aquela que obtiver mais

Agência Brasil

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui