Servidores em greve no Ceará suspendem matrícula de aprovados no Sisu

158

Os servidores da Universidade Federal do Ceará (UFC), que aderiram à greve nacional da categoria, decidiram suspender as matrículas dos estudantes aprovados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A instituição ofereceu 1.637 vagas para o segundo semestre de 2012 por meio desse serviço.

O prazo de matrículas para os estudantes aprovados nesta edição do programa começou hoje e segue até 9 de julho. De acordo com nota divulgada hoje (29) pela Pró-Reitoria de Graduação da UFC, a direção da universidade reconheceu a impossibilidade de fazer a matrícula devido à greve e por isso suspendeu todo processo, “até que seja possível fazê-lo com tranquilidade e segurança para os candidatos”.

O Sisu foi criado pelo Ministério da Educação (MEC) para unificar a oferta de vagas em universidades públicas, que são disputadas pelos estudantes a partir da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nesta edição, 56 instituições participaram do Sisu, oferecendo cerca de 30 mil vagas. Mais de 642 mil candidatos participaram da seleção.

Após o fim do prazo para matrícula, será convocada uma segunda chamada, marcada para 13 de julho. O MEC ainda não informou se esse prazo será adiado em função da suspensão das matrículas na UFC.

 

Agência Brasil

Postado por Marta Aguiar

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui