Série B: com drama, Avaí vira sobre Sampaio Corrêa e está na elite

41

Precisando vencer, Leão da Ilha faz 2 a 1 nos minutos finais e sobe

O lateral Edílson teve a chance de marcar de pênalti aos 32 minutos da etapa final, mas desperdiçou o lance. Só que, com o auxílio do VAR, o árbitro Marcelo de Lima, mandou voltar a cobrança por invasão da área. E, aos 36, o meia Valdívia bateu e empatou o jogo. A virada veio aos 43. Em cobrança de escanteio de Valdívia.

O meia Renato aproveitou a saída errada do goleiro e mandou de cabeça para o fundo do gol. Dessa forma, o Avaí ficou em 4º com 64 pontos. O Sampaio Corrêa acabou o Campeonato em 15º com 47. 

O CSA precisava vencer e torcer por tropeços do Avaí e do Guarani para voltar à primeira divisão. Até conseguiu fazer o próprio resultado jogando em casa sobre o Brasil de Pelotas por 4 a 0, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Os gols foram marcados pelo zagueiro Matheus Felipe, aproveitando o rebote da bola na trave aos 15 minutos de jogo, o atacante Marco Túlio, aos 34 em rápido contra-ataque do CSA, e pelo avante Dellatore, aos 43 depois de dominar e girar sobre a marcação dentro da área.

Na etapa final, aos 26 minutos, o atacante Iury cobrou pênalti deslocando o goleiro e fechando o placar. O resultado, combinado com a virada do Avaí sobre o Sampaio Corrêa, deixou o Azulão em 5º com 62 pontos.

Rebaixado à Série C com várias rodadas de antecedência, o Xavante gaúcho finalizou o torneio em último com apenas 23 pontos. Outra equipe que chegou na última rodada com chances de subir foi o Guarani. O time de Campinas precisava vencer e contar com insucessos de CSA e Avaí. O Bugre não conseguiu fazer a parte dele. Empatou por 2 a 2 com o Botafogo, campeão antecipado da Série B, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Mesmo jogando com um atleta a menos desde os 36 minutos da etapa inicial, o Bugre ainda saiu na frente. Logo no primeiro minuto da etapa final, o zagueiro Ronaldo apareceu praticamente sozinho para cabecear para o fundo das redes depois de cobrança de falta.

Mas, aos 24, o atacante Marco Antônio aproveita a chance dentro da área para empatar a partida. Aos 34, o atacante carioca Rafael Navarro virou o placar e, aos 39, Lucão do Break apareceu livre na área para empatar o jogo de cabeça e fechar o placar.

Com o resultado, o time de Campinas foi a 60 pontos, fechando o torneio em 6º. Os cariocas fecharam a Série B com 70 pontos. 

O quarto time que chegou na última rodada com chances de ficar com a última vaga na Série A de 2022 era o CRB. O Colorado de Maceió precisava vencer o Operário-PR fora de casa e torcer para que o Avaí não vencesse o Sampaio Corrêa. Mas acabou perdendo para os paranaenses por 2 a 1, com gols de Paulo Sérgio e Felipe Garcia para o Fantasma e Marthã para os alagoanos. O CRB ficou em 7º com 60 pontos e o Operário, em 12º com 48. Além do Avaí, subiram à Série A o Botafogo, como campeão, o Goiás, como vice-campeão, depois de empatar neste domingo (28) em 2 a 2 com o Brusque, e o Coritiba, na 3ª posição. 

Londrina bate Vasco e conta com empate do Remo para seguir na Série B

O Londrina venceu o Vasco por 3 a 0 com gols de Zeca, Caprini e Ricardo (contra). O resultado levou o time do interior do Paraná aos 44 pontos e à 16ª posição, garantindo assim a permanência do Tubarão na Série B em 2022. Além de vencer, a equipe precisava de um tropeço do Remo nessa última rodada. Resultado paralelo que acabou ocorrendo. O time de Belém, para se manter na Série B, tinha apenas que vencer o já rebaixado Confiança no estádio Baenão. Mas o placar desse partida não saiu do 0 a 0. Assim, o Remo fechou o torneio na 17ª posição com 43 pontos e foi rebaixado ao lado do Vitória, que perdeu para o Vila Nova dentro de casa por 1 a 0 e caiu na 18ª posição, Confiança e Brasil de Pelotas.
Veja a Tabela:

Pos
Time
Pontos
Jogos
Vit
Emp
Der
GP GC
Saldo
1 Botafogo 70 38 20 10 8 56 31 25
2 Goiás 65 38 17 14 7 48 31 17
3 Coritiba 64 38 18 10 10 49 35 14
4 Avaí 64 38 18 10 10 44 35 9
5 CSA 62 38 18 8 12 48 33 15
6 Guarani 60 38 16 12 10 54 41 13
7 CRB 60 38 16 12 10 47 39 8
8 Náutico 53 38 14 11 13 50 50 0
9 Vila Nova 51 38 12 15 11 35 36 -1
10 Vasco da Gama 49 38 13 10 15 43 52 -9
11 Ponte Preta 49 38 12 13 13 39 40 -1
12 Operário 48 38 13 9 16 35 46 -11
13 Brusque 48 38 13 9 16 44 56 -12
14 Cruzeiro 48 38 10 18 10 42 44 -2
15 Sampaio Corrêa 47 38 12 11 15 41 42 -1
16 Londrina 44 38 11 11 16 31 41 -10
17 Remo 43 38 11 10 17 31 42 -11
18 Vitória 40 38 8 16 14 31 32 -1
19 Confiança 37 38 9 10 19 35 48 -13
20 Brasil de Pelotas 23 38 4 11 23 23 52 -29

Por Juliano Justo – Repórter da TV Brasil – Rio de Janeiro

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui