Chuvas Rio de Janeiro

210
Enchentes revoltam moradores de São Gonçalo pela precária infra estrutura

As fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro nas últimas horas foram as maiores do ano em muitos pontos da cidade. De acordo com a medição da prefeitura, as regiões de Vidigal, São Cristóvão e Copacabana tiveram, nas últimas 24 horas, um volume de água maior do que em janeiro e fevereiro deste ano.

No Vidigal, na zona sul carioca, o índice pluviométrico registrado entre os dois primeiros meses de 2010 foi de 234,4 mm. Nas últimas 24 horas, a prefeitura registrou, por volta das 12h desta terça-feira (6), 244,6 mm. Só em abril, o índice de chuvas está em 271 mm.

Na zona norte, São Cristóvão teve 165,2 mm de água em janeiro e fevereiro. Entre os dias 5 e 6 de abril, registrou-se 206,2 mm e um acumulado, neste mês, de 211,4 mm.

Um dos bairros mais famosos do Rio, Copacabana, na zona sul, também foi atingida por um grande volume de água. Enquanto nas últimas 24h a prefeitura detectou 200,8 mm, o número nos dois primeiros meses do ano foi praticamente igual: 200,4 mm. O acumulado de abril na região está em 232,4 mm.

Por causa da chuva, que começou na tarde da última segunda-feira (5), o prefeito Eduardo Paes (PMDB) pediu para os cariocas não saírem de suas casas.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui