Como abrir uma clínica veterinária com pouco dinheiro?

48

O Brasil é um país recheado de pessoas em busca de abrir o seu próprio negócio e realizar seu sonho de finalmente poder trabalhar com o que gosta e ser seu próprio patrão. No entanto, é claro que sabemos que existem alguns sonhos que são mais difíceis do que os outros, sempre por motivos financeiros e de logística. 

Não é fácil ter um negócio próprio, sobretudo quando esse negócio depende muito de um investimento inicial, que na maioria das vezes você não tem.  E aí você se vê em uma situação complexa porque muitas vezes você já é formado na área, não consegue um emprego na área e entende que a melhor forma de atuar nela é tendo seu próprio negócio, mas como fazer isso sem que você tenha que gastar uma fortuna que você não tem?

E claro, sem também que você tenha que se afundar em dívidas de empréstimos que você vai precisar fazer para dar os primeiros passos? 

Um negócio que segue exatamente com todos esses dramas é ode se ter uma clínica veterinária. Geralmente as pessoas saem das clínicas tendo já o sonho de ter o seu próprio lugar para cuidar dos bichinhos, mas isso não é nada fácil. 

Mas o importante é ter em mente que apesar de difícil, isso não é impossível, e investindo do jeito certo, nos lugares certos e tendo o pensamento certo sobre as coisas, é possível sim a pessoa conseguir abrir sua própria clínica sem que ela tenha que gastar uma fortuna para isso. E ainda por cima conseguindo ganhar bem, já que o faturamento de uma clínica pode girar entre 15 mil 2 milhões de reais.

E hoje para ajudar você que só quer ter sua profissão de ajudar velhinhos, hoje nós vamos dar algumas dicas de como você vai poder finalmente abrir seu negócio próprio e começar a sua própria clínica veterinária gastando pouco dinheiro. 

Não tenha vergonha de começar pequeno 

Começando então com a dica de ouro, logo de cara. Sabemos que as pessoas costumam sair da faculdade cheias de planos de como querem suas clínicas, com os melhores equipamentos, muitos funcionários e tudo mais, mas isso não é algo que você vai ter logo de cara.

Você vai começar pequeno, talvez em um lugar com o mínimo do mínimo, uma salinha com talvez só você como funcionário, e tudo bem. Tudo precisa começar de algum lugar e tudo pode crescer eventualmente, tudo com o fruto do seu trabalho. Comece da forma que puder, não existe vergonha alguma nisso. 

Vá crescendo aos poucos 

Então você começou o seu negócio com o básico assim como falamos, e você está tendo alguns clientes. Esse é o momento de planejar a sua subida, se você sente que vai ter um fluxo de clientes que vai te render um tanto, e você sente que parte desse tanto deve ir para mais investimentos na sua empresa, é isso que será feito.

Mesmo que forme quantidades pequenas e poucas melhorias. Sabemos que equipamentos para veterinária são caros, por isso é importante que seu crescimento seja aos poucos. 

Tenha bons produtos a disposição 

Seja para vender, recomendar ou mesmo administrar nos animais, você precisa ter produtos de qualidade, já que é assim que os donos vão confiar em você tendo certeza de que você não use nada que pode fazer mal para o animalzinho. 

Vacinas de qualidade, medicamentos conhecidos e até suplementos alimentares como o Longevi vão chamar a atenção dos clientes, que vão olhar esse seu capricho e responsabilidade com os bichos como um bom sinal, e dessa forma você vai fidelizar alguns clientes. 

Tenha serviços bons e acessíveis 

Se você está começando, você pode usar um combo que vai fazer com que você fidelize ainda mais clientes. Preços acessíveis é sempre algo que vai ajudar a atrair, mas só se isso estiver diretamente ligado a um bom serviço. 

Ainda que você deixe um serviço mais barato do que você gostaria, se você fizer ele é muito bem-feito, e essas pessoas vão votar e você vai acabar lucrando muito mais pelo alto fluxo de pessoas que vão gastar com você, do que se você só deixasse preço alto.

As pessoas são sempre sentimentais quanto o assunto é o animal de estimação, então não seja tão caro e seja bom, que as pessoas sempre vão voltar. 

Nunca dê um passo maior que a perna 

E encerramos com a dica que vai impedir você de acabar estragando tudo aquilo que você mesmo construiu. Vamos supor que você esteja indo bem seguindo todas as nossas dicas, você começou a ter um bom capital, e aí você acha que a sua empresa já é um sucesso consolidado e resolve fazer algo grande, como comprar um equipamento muito caro ou expandir a sua clínica de uma forma que vai te custar muito.

Você não deve fazer nada que não seja gradual, você não pode tomar uma decisão que vai comprometer todo seu dinheiro porque você sente que ela vai bem. Quem tem uma empresa sabe que você nunca deve dar um passo maior que a perna, tudo deve ser bem planejado.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui