Defesa de Bolsonaro classifica como “gravíssimo” conteúdo de áudios de Mauro Cid vazados por Veja

54

Por Devair G. Oliveira
A defesa do ex-presidente ficou indignado e disse que tomará as providências necessárias diante dos acontecimentos.

O ex-Secretário de Comunicação do governo Bolsonaro e atual advogado do ex-presidente, Fabio Wajngarten, reagiu nesta sexta-feira (22) às recentes revelações de áudios envolvendo o tenente-coronel Mauro Cid, destacadas em uma matéria da revista Veja. Wajngarten relatou que, desde a publicação, recebeu numerosas ligações, expressando surpresa diante das informações e admitindo que ainda não formou uma opinião sobre o caso.

Ele mencionou a existência de discrepâncias entre as falas de Cid e os registros documentais, classificando a situação como “gravíssima”. Wajngarten argumentou que a divulgação completa das gravações dos depoimentos de Cid poderia esclarecer as dúvidas e garantir a transparência necessária para entender os fatos.

Ele também ponderou sobre a possibilidade de os vazamentos de áudio terem sido uma estratégia da defesa de Cid, questionando a oportunidade dessa ação. Ele concluiu afirmando que a defesa do ex-presidente tomaria as providências necessárias diante dos acontecimentos.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui