É possível controlar os anúncios que você recebe na internet?

41

 

Os anúncios que recebemos na internet são extremamente inconvenientes, todos já nos deparamos com algumas propagandas que aparentam ser perfeitas para nós, sendo exatamente o que precisamos quando precisamos.

 

Ou então, por exemplo, quem nunca passou por uma situação como essa:

 

Você comenta com alguém pessoalmente que está querendo comprar uma luva de boxe, por exemplo, passam-se alguns minutos e você resolve entrar no Google, e então, voilá, dezenas de anúncios sobre a exata luva até mesmo o modelo em que comentou, com o passar do tempo você acaba ignorando, e resolve ir para suas redes sociais, quando se depara com uma promoção imperdível deste mesmo item que você desejou comprar.

 

Esta situação pode ocorrer seja conversando com alguém pessoalmente ou pelo aplicativo de mensagens WhatsApp.

 

Todo este acontecimento citado, é muito comum, todos já passaram ou um dia irão passar por algo semelhante. Isso acontece por causa do modo em que o Google, Facebook, Instagram e outros meios de busca e redes sociais fazem negócios.

 

Oferecendo seus serviços gratuitamente para você em troca de propagandas. 

 

Uma frase que resume muito bem o modo de operação destas gigantes da tecnologia é “se não estão te oferecendo um produto, você é o produto”. Ou seja, as corporações vendem os seus dados para outras empresas anunciantes, como: idade, Altura, o que você gosta, o que não gosta, quais os tipos de coisas que consome, onde você mora, onde trabalha, qual seu padrão de comportamento, além dessas existem muito mais coisas que são entregues aos anunciantes.

Por que isso é preocupante

Em um documentário veiculado na Netflix, feito por antigos funcionários de empresas como Google, Pinterest, Instagram, Facebook e outras, revelou como o algoritmo destas plataformas é completamente desenhado para te deixar “viciado” em seu site.

 

Além da dependência gerada de propósito, enquanto você vicia, as plataformas buscam estudar a sua pessoa, seus principais motivadores, o que consome e o que não gosta, de modo que com essa união de fatores, possa vender você a anunciantes.

 

Por que é importante controlar os anúncios que recebe

Além de romper diversas barreiras da ética, as corporações nem sempre acertam no direcionamento de seus anúncios, muitas vezes, é comum uma pessoa se deparar com propagandas que são completamente diferentes do que realmente se interessam.

 

Indo para o ponto de vista dos sites, esses mecanismos mesmo que anti éticos, são essenciais para continuarem funcionando, vamos supor que todas as propagandas deste modo sejam desativadas, em pouco tempo o Google, YouTube, Facebook e Instagram estariam fora do ar, pois necessitam da renda gerada por estes anúncios para manter as suas operações funcionando.

 

Sem entrar no quesito de bloqueadores de anúncios, há sim, métodos em que os usuários podem “controlar” ao menos um pouco os anúncios que recebem e como recebem.

 

Nenhuma plataforma conta com maneiras internas de desativar seus métodos de anúncios, e são completamente baseadas em seus padrões de comportamento, pesquisa e desejos, se apareceu para você um site com Vapo Kings, é por que em algum momento, você indicou que gosta ou interagiu com sites, vídeos e conteúdos do nicho dos cigarros eletrônicos.

 

Uma coisa é fato, os anúncios sejam de nossos interesses ou não, podem ser muito chatos, por este motivo, separamos alguns métodos em que você pode mudar o modo como a plataforma te entrega as publicações pagas.

Como controlar os seus interesses

Para começar, vamos falar da plataforma do Facebook, que vai além de uma simples rede social, sendo muito mais parecido com um gigantesco banco de dados, que armazena, analisa e registra todas as suas atitudes.

 

Mas você pode, mesmo  assim ter um pouco de controle sobre como os anúncios serão exibidos, basta acessar as configurações de seu perfil, se direcionar para o canto superior direito, clicar no botão de engrenagem, e ir na aba de “preferencia de anúncios” lá você vai se deparar com uma lista muito grande das coisas que a plataforma acredita que você é engajado. A partir daí, você pode manipular como quiser os seus interesses, excluindo os que estão errados ou os que não se verificam.

 

Para controlar a fundo o modo como o Facebook e Instagram anunciam para você:

  • Mude os anúncios para sites e aplicativos — Ao ativar esta função o Facebook vai parar de registrar automaticamente por onde você navegou na internet. Novos itens, sejam sites ou aplicativos, só serão adicionados caso você utilize o botão da rede social para acessá-lo. Ao ativar esta opção, o Facebook não vai parar de rastrear todos os sites que você visita ou visitou, ele vai apenas parar de registrá-los;
  • Anúncios com minhas ações sociais — Ao ativar esta opção de interesses, o Facebook vai classificar como itens de seu interesse tudo o que você curtir, comentar, compartilhar ou até mesmo os sites que você utilizar o Facebook como login.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui