Black Friday de 2019 deve igualar busca por lojas físicas e compras on-line

653

A próxima Black Friday, a ser realizada em novembro, deve ter o mesmo número de consumidores em lojas físicas e on-line. Pesquisa divulgada pelo Google mostra que 37% dos entrevistados declararam que vão comprar apenas em lojas físicas, 38% só pela internet e 25% de ambas as formas.

O dia de promoção no varejo é considerado a porta de abertura de lojas. A pesquisa estima que 8 milhões surgirão na data, ao mesmo tempo que cerca de 3,5 milhões consumidores deverão comprar pela primeira vez na Black Friday.

Para o gerente de Insights para o Varejo do Google, Diego Venturelli, o crescimento da Black Friday pode ser atribuído ao fato de que a data deixou de ser um evento focado somente para promoções de eletroeletrônicos e está ofertando cada vez mais produtos e serviços.

A pesquisa também analisou o comportamento do consumidor e alguns conceitos foram destacados, dentre eles, que 79% pesquisam muito antes de comprar. O levantamento também revelou que o valor do frete e a demora na entrega são razões para desistir da compra, com 70% das pessoas concordando com esta afirmação.

Uma das soluções que o e-commerce tem implementado é a compra pela internet onde o consumidor busca o produto nas lojas físicas. E o estudo revela que cerca de um terço do comércio on-line no Brasil tem feito isso. Mas há outras soluções em andamento, conforme explicou Venturelli.

A pesquisa do Google foi realizada pela Provokers com 1500 consumidores on-line de todas as regiões do país, em julho deste ano.

Radioagência Nacional

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui