Combustíveis começam a semana com baixa de preços

109

A baixa foi sentida em todos os combustíveis, com exceção do óleo diesel, cujo preço se manteve estável

Imagem de Freepik

O preço dos combustíveis registra baixa nesta semana em relação à anterior. 

O estado mais barato para comercialização de combustíveis é Pernambuco, seguido por Rio de Janeiro e Alagoas. O estado mais caro para a comercialização de combustíveis é Roraima, seguido por Rondônia  e Acre. 

As maiores baixas ficaram com etanol hidratado e gasolina aditivada, que caíram 2,58% e 0,86%, respectivamente. 

Presidente Prudente, em São Paulo, registrou o menor preço da comercialização de etanol em um de seus postos de combustíveis. No bairro de Vila Formosa, um posto de combustível de bandeira branca comercializou o etanol a R$ 2,95/litro. O município de Mococa, no estado de São Paulo, também registrou a mesma mínima para o etanol, em posto de bandeira branca. 

O etanol mais caro é comercializado em Porto Velho, em Rondônia, a R$ 6,39/litro. 

O preço mínimo de comercialização da gasolina comum também ocorre em São Paulo, no município de Diadema. A cidade registra a mínima de R$ 4,62/litro na comercialização. Na sequência, estão as cidades de Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes e Sorocaba, que comercializam o combustível a R$ 4,69/litro. 

A cidade mais cara para a comercialização da gasolina comum é Tefé, no estado do Amazonas, que comercializa o combustível a R$ 7,26. 

O estado de São Paulo lidera os menores preços de gasolina aditivada, com pelo menos sete cidades com o preço mínimo do combustível no país. Postos de combustíveis nas cidades de Taubaté, Campinas e São José dos Campos comercializam o combustível a R$ 4,94. 

O GLP, ou gás de cozinha, teve preço médio de revenda de aproximadamente R$ 101,80 no Brasil. As cidades que registraram o menor preço de revenda foram Lorena, no estado de São Paulo, e Paranaguá, no Paraná. As cidades registraram a comercialização de R$ 70 para o gás de cozinha. Em seguida, está Valparaíso de Goiás (GO), que comercializa o GLP a R$ 73. 

Já o gás natural e óleo diesel S10 registraram queda de 0,66% e 0,40%. Óleo diesel comum manteve-se estável.  

O gás natural, GNV, é comercializado a uma média de R$ 4,49. As cidades que registraram o maior preço de comercialização do gás natural foram Santo Antônio de Pádua, no Rio de Janeiro e Vacaria, no Rio Grande do Sul, onde o combustível foi comercializado a R$ 6,59 em postos de combustíveis de bandeira branca. 

O óleo diesel S10 é comercializado a R$ 4,99. O óleo diesel comum manteve-se a R$ 4,94 pela segunda semana. 

A região brasileira que regista o maior preço de combustíveis foi o Norte do país, seguido pelo Centro-Oeste e Sul. Em seguida, estão Nordeste e, por fim, a região Sudeste, que tem a média mais baixa de combustíveis do país. 

Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, a ANP. 

Fonte: Brasil 61

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui