Mantega quer ação conjunta para evitar que crise contagie

88

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, pretende discutir com os países da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) medidas para fortalecer o bloco e impedir que a crise econômica mundial contagie a região. Formada por 12 países, a Unasul promove uma reunião em Buenos Aires, até amanhã (12), para discutir a atual situação da economia. Mantega embarca hoje (11) às 15 h para a capital argentina e à noite se reúne com o ministro da Economia e Finanças Públicas do país vizinho, Amado Boudou.

“Vamos conversar sobre a crise e as consequências nos países da América Latina e as medidas que podemos tomar para nos fortalecer e impedir que sejamos contagiados. A América Latina tem um desempenho melhor do que os países avançados, a Europa e os Estados Unidos e nós queremos preservar isso”, disse ao chegar ao Ministério da Fazenda.

Mantega defendeu a importância de um estreitamente maior nas relações entre os países integrantes da Unasul para que sejam mais bem aproveitados os mercados regionais e as relações comerciais entre os países que compõem o bloco.

Na última terça-feira (9), o ministro participou de audiência na Câmara dos Deputados para falar sobre a crise. Segundo ele, o Brasil tem mais espaço para manter o aquecimento da atividade econômica do que os países desenvolvidos e está preparado para as possíveis turbulências. Mantega também disse que o Brasil continuará controlando os gastos públicos para impedir a disparada da dívida, um dos grandes problemas dos países considerados desenvolvidos.

 

Agência Brasil

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui