Brasileiros, mundo patriota, a imprensa e o dia 25 de fevereiro de 2024.

462

Por Devair G. Oliveira
O que acontece hoje na política em todo o mundo já não é mais teoria da conspiração os principais personagens responsáveis pela agenda 2030.

Decidimos, entre agora e 2030, acabar com a pobreza e a fome em todo o mundo; combater as desigualdades dentro e entre os países; construir sociedades importadoras, justas e inclusivas; proteger os direitos humanos e promover a igualdade de género e o empoderamento das mulheres; garantir a proteção do planeta e dos seus recursos naturais. Decidimos também criar condições para um crescimento económico sustentável, inclusivo e sustentado, prosperidade partilhada e trabalho digno para todos.
Ao embarcarmos nesta grande jornada coletiva, comprometemo-nos a que ninguém fique para trás. Esta é uma agenda de alcance e significado sem precedentes. É aceito por todos os países e é aplicável a todos.

Se observarmos os Estados Unidos e a Europa em geral à situação é bem diferente na realidade quando falam que a agenda é aceita por todos os países, não é bem assim, pois no momento muitos países trabalham no sentido de resistência a agenda 2030. “BRICS”

Na França protestos dramáticos ocorreram, ações semelhantes têm acontecido em uma série de países, incluindo a Itália, Espanha, Romênia, Polônia, Grécia, Alemanha, Portugal e nos Países Baixos.

O que acontece em muitos países é querer tapar o sol com a peneira, veja os acontecimentos dos Estados Unidos, é difícil não ter a sensação de comparar os dois acontecimentos a invasão, no domingo dia 8 de janeiro de 2023, do Congresso, do Palácio do Planalto (a sede do governo brasileiro) e do Supremo Tribunal Federal, em Brasília, por apoiantes de Jair Bolsonaro, é, em mais do que um sentido, uma réplica do que se sucedeu, a 6 de janeiro de 2021, no capitólio, nos EUA. Qual é a realidade? Vídeos circulam nas redes sociais mostrando soldados do Exército derrubando mesas espalhando utensílios, tem também o vídeo em que mostra o general G Dias servindo agua para os depredadores, ainda há outros vídeos comprometedores como da Priscila na quebradeira dizendo ordem dada, ordem cumprida, isso sem dizer das imagens que foram negadas e outras apagadas.

Essa classe dominante acreditava que o povo estava dormindo em sono profundo incapaz de serem acordados, mas não é isso que se vê nos Estados Unidos e no Brasil, nos Estados Unidos vê se Donald Trump disparado nas intenções de votos e os Democratas estudando como pará-lo, no Brasil o povo depois do disparate de prisões e condenações sem provas e totalmente fora da constituição ditas por juristas consagrados e agora se vê uma luz ao fundo que pode ser brilhante ao ponto de ofuscar os mais otimistas dirigentes dos poderes. Dia 25 de fevereiro com certeza entrará para a história, será um caso inédito no Brasil, convocado por Bolsonaro uma manifestação na Avenida Paulista, já confirmados 100 parlamentares do Senado e Câmara, dois governadores e o mais impressionante confirmado a presença de Donald Trump e do presidente da Argentina Javier Milei. Imagina que neste dia a imprensa mundial estará no Brasil para cobrir a reunião do G20 e aí meu caro o mundo todo ficará sabendo o que acontece no Brasil.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui