Dizem que cada sociedade tem o governo que merece

314

Todo cidadão e cidadã sabe daquela máxima, que a união faz a força, porém na prática não avançamos em nossas reivindicações, e é muito simples, falta união e desprendimentos das pessoas. Se perguntarmos para qualquer pessoa se ela está satisfeita com os serviços públicos, educação, saúde, com certeza vamos ouvir que não. Nosso país é muito desigual, existem centenas de procedimentos que precisa ser mudado, dia 6 de agosto na reunião da Câmara de Manhuaçu, um jovem idealista depois de analisar os trabalhos dos vereadores, resolveu comparecer a reunião e solicitou ao presidente que gostaria de apresentar um projeto para reduzir o salário dos vereadores, em Manhuaçu o salário é mais de oito mil reais, com apenas duas reuniões por mês. Diante de tanta injustiça social, já que o professor necessita de uma formação para exercer sua atividade e ganha muito pouco R$ 1.200,00. A iniciativa teve bons resultados em muitas cidades do país, exatamente porque a sociedade se conscientizou das distorções dos salários dos vereadores e prefeitos e foram à luta.

Já que todo poder se emana do povo e em seu nome é exercido, então se você não se sente bem representado, tem todo o direito de protestar e pressionar seus representantes para que eles mudem a Lei. O vereador Paulo Altino foi o único que falou e foi taxativo contra a ideia e disse se for para baixar os salários que comecem lá de cima, dos deputados, senadores, juízes, promotores etc. Lógico que existem algumas remunerações abusivas e distorcidas, mas em algumas profissões citadas pelo vereador são pessoas que estudaram fizeram uma universidade fizeram cursinhos batalharam para poder passar em um concurso público, totalmente diferente dos parlamentares que legislam em causa própria.

O jovem Robson está fazendo aquilo que compete aos munícipes, pois no município a competência de legislar sobre salários é dos vereadores, se todos os munícipes cuidassem desse problema o Brasil seria outro. O estado e a federação são de competência dos deputados, mas se cada cidadão conscientizar de seus direitos podem mudar os municípios e formar tal corrente de cidadania e servir de espelho para que outros possam levar estas ideias e aos poucos mudando os políticos, vários municípios mudando com certeza vai melhorar também os futuros deputados.

A ideia é oportuna, vivemos uma crise econômica sem precedente, falta dinheiro para tudo, inclusive por falta de dinheiro o prefeito cancelou a festa mais tradicional de nossa Manhuaçu, a Feira da Paz. Pelos cálculos o município poderia economizar com um pouco de redução dos salários do prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores, mais de um milhão de reais em um único ano.

Os vereadores precisam parar de achar que levar alguém ao médico, ajudar ao vizinho completar o dinheiro para pagar uma conta, colocar seu carro como ambulância, está desempenhando um bom papel, isso não é função de vereador, todos nós temos por obrigação de amar ao próximo e ajudar nossos semelhantes. O vereador deve elaborar projetos de leis que beneficie os munícipes, existem dezenas de leis em nosso município que por não ser fiscalizadas não surtem o efeito necessário, exemplo é a Lei de Gratuidade dos idosos, nos ônibus municipais e interestaduais, tem mais de 10 anos que sempre publicando matérias sobre o assunto, já fomos em vários promotores da região, já viajamos em ônibus para flagrar a cobrança indevida de idosos e deficientes que a Lei isenta, porém as empresas de ônibus não respeitam essa Lei e nunca vi um vereador ir atrás de tal problema para solucioná-lo

Fale com a redação [email protected] – (33)3331-8409

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui