Engenheiro agrônomo e Fiscal Federal Agropecuário, denuncia sindicato

324

Paranaguá
Nesta edição, trazemos uma entrevista em vídeo com o Dr. Gil Bueno de Magalhães, engenheiro agrônomo e Fiscal Federal Agropecuário, Chefe do SVA/Paranaguá-PR, que está processando judicialmente o sindicato de sua categoria, ANFFA SINDICAL (clique aqui para acessar o vídeo) e comente-o por email ([email protected]) ou  diretamente pelo nosso Blog.

AgroPecus Brasil concorda com o entrevistado, quando afirma que “sindicatos devem primar por união e melhorias de condições dos seus filiados em pautas de reivindicações justas. Fora desta perspectiva, se transforma em inimigo de sua classe e indigno de gerir o dinheiro que todos custeiam de seus vencimentos que, no caso dos fiscais agropecuários poderiam ser maiores, não fosse a barbeiragem deles”. No vídeo, o fiscal aborda grave questão de “desvirtuamento da atividade típica de sindicato”, acenando com “tentativa de usurpação de função pública”.

Clique aqui e confira a Nota de Repúdio emitida pela ANFFA Sindical, atingindo o entrevistado Gil Bueno de Magalhães.

Nosso blog está agendando uma entrevista com o Superintendente Federal da Agricultura no Paraná Daniel Gonçalves Filho, para a próxima edição pois, segundo o entrevistado Gil Bueno de Magalhães, também contra o Superintendente Daniel Gonçalves Filho, o mesmo Sindicato faz espécie de “assédio processual”, espalhando mentiras e agredindo a honra de funcionários públicos sérios, em levianas ingerências junto ao Poder Legislativo e Executivo. O Superintendente do Paraná já adiantou para AgroPecus Brasil, que uma das mentiras constantes do site do mesmo Sindicato estaria na menção de um tal“protocolo clandestino” que, “em verdade nunca existiu e provou-se que todos os protocolos da pasta no Paraná são oficiais e integrados”.

Estamos muito felizes com mais de setecentos acessos ao nosso Blog e 54 emails, denunciando problemas que cercam os profissionais da agricultura e parabenizando o novo espaço pela seriedade das abordagens!

6 COMENTÁRIOS

  1. O Superintendente Daniel Gonçalves Filho é um câncer no Poder Executivo do nosso país, infelizmente por ter muitos contatos, tão sujos como ele, é que ainda permanece no “poder”. Tenho esperança e peço a Deus que essas pessoas que lutam contra esse indivíduo, que já fez mal a tantos funcionários que dedicaram as suas vidas ao serviço público, íntegros e honestos, obtenham sucesso, é o que resta, porque esse sangue suga já deveria ter ido pra atrás das grades há muito tempo!!!

  2. Senhor Devair G. Oliveira

    Abordagem séria se faz ouvindo todos os envolvidos. Além de ouvir, deve-se exigir documentos e provas do que se alega.
    A nota de repúdio, dirigida ao Senhor Gil Bueno Magalhães, que não é Doutor, foi fruto de assembléia geral dos fiscais federais agropecuários conforme estatuto da organização e pelos motivos descritos na própria nota.
    O poder judiciário dirá se o Sr. Gil Bueno Magalhães tem razão em sua demanda.
    A existência de protocolo irregular no Serviço chefiado pelo senhor Gil Bueno Magalhães, foi constatado por auditoria interna realizada pela Coordenação Geral do VIGIAGRO, órgão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em Brasília, em duas ocasiões distintas. Os relatórios destas auditorias são documentos públicos e podem ser obtido por V. Sa. ou qualquer outro cidadão que tenha real interesse no esclarecimento deste e de outros fatos, através de uma análise imparcial.
    Tal fato, assim como outras situações relacionadas à gestão do Sr. Daniel Gonçalves Filho, que não são propriamente de interesse público, foram representados ao Ministério Público Federal, que após análise, encaminhou à Polícia Federal para investigação.
    Como consequência, a Policia Federal instaurou inquérito policial para investigar tais situações, assim como também instaurou inquéritos para investigação de denúncias feitos pelo Sr. Daniel Gonçalves Filho contra alguns Fiscais Federais Agropecuários. Concluídos tais inquéritos teremos a realidade dos fatos.

    Kennedy Fernandes Martins
    Fiscal Federal Agropecuário
    Engenherio Agrônomo
    Mestre em Ciência do Solo

  3. Uma coisa ele conseguiu. Agora a nota de repúdio feita contra essa figura anacrônica vai circular novamente pelo Brasil inteiro. Ficamos aguardando a entrevista com o chefe maior dele. Depois poderiam entrevistar também o deputado e o senador que mantém essa galera nos seus cargos.

  4. Não sei quem fez o primeiro comentário com o nome ‘Ariane’ mas, por ter sido associado à minha pessoa, gostaria de registrar que não fui eu que fiz aquele comentário.
    Ariane Thomazini

  5. Qdo. sera que vao pegar o Danielzinho??????? Ta todo mundo cego e fazendo vistas grossas, mtos Dep. Federal com mtos. cala boca$$$$$$$$$$$$$$ Eta País que nao acaba com os desmado$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$. Mercedes, Mansao, Mto $$$$$$$$$$$ ne Sr. Baixinho, mais conhecido como Danielzinho…

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui