ENTREVISTA COM HENRIQUE DO CIRCO GLOBO MAX

34

Por Devair G. Oliveira
 “A magia e o encantamento do circo representam a vida como sonhamos e gostaríamos que fosse… com palhaços para divertir, mágicos para surpreender, bailarinas para trilhar com belos passos as canções de cada época que se vive e um público aplaudindo carinhosamente acertos e falhas, encarando-as como uma prática a ser melhorada!
Que pena… que a liberdade dos circenses se restringe apenas aos palcos, sob as tendas e lonas, cercadas de cadeiras e uma alegria que se vai junto aos trailers no fim da temporada.
Gostaria que a vida fosse mesmo um circo. Sem lona, sem hora, sem texto nem palco… sem ingresso, sem ter que ser sonhado, sendo só a realidade!”
HG – PENSADOR.

“Primeiramente boa tarde Devair e a todos os leitores do Jornal das Montanhas, é um prazer está aqui contando um pouco de nossa história pra vocês, eu sou a 4ª geração nasci e fui criado no circo é um prazer para mim está aqui falando um pouco de nossa trajetória da vida circenses, o Circo Globo Max está completando agora 15 anos de existência e vem também de famílias tradicionais de circo bisavós, avós pais, essa geração vem aí ao longo dos anos levando sua história e alegrando todo o povo brasileiro.” Afirma Henrique.

Segundo Henrique, antes do circo vir para a cidade existe todo um aparato organizacional de algumas pessoas que cuidam dessa parte visitando a cidade, cuidado da documentação na prefeitura, corpo de bombeiro, com todas as documentações para se trabalhar com segurança. Conversam com algumas pessoas sobre a cidade, procura saber qual foi a última vez que um circo esteve na cidade, sobre festas, o que eles acham da vinda do circo para a cidade, mantemos dialogo com outros circos e tudo isso é cuidadosamente estudado para que a gente pegue uma cidade mais descansada. “Eu sempre digo que cada espetáculo depende 50% da plateia, diante de algumas informações nós procuramos interagir com as pessoas da plateia e quando há uma boa interlocução do artista e o público responde o espetáculo flui muito melhor e essa é nossa vida levar alegria para o público e para quem acompanha nossas redes sociais vai verificar que muitos espectadores pedem a volta do nosso circo em algumas cidades que passamos”. Comenta Henrique.

Estrutura do circo
 “O circo mantem um trabalho constante, não é uma rotina porque cada vez estamos em cidades diferentes, porém, quem não está trabalhando a noite no espetáculo está durante o dia trabalhando em outras atividades, carro de sol, distribuindo panfletos, fazendo divulgação nos jornais e emissoras de rádios, no circo não são sós os trabalhos dos artistas no palco há toda uma estrutura, inclusive quando chegamos a uma cidade nós contratamos várias pessoas”. Finaliza Henrique

Henrique avisa as pessoas que compra ingresso pela internet que imprima no papel, para evitar às vezes chega à porta do circo o arquivo não abre e nosso objetivo é que as pessoas fiquem o menor período na fila.

📣CONTINUA O GRANDE SUCESSO EM MANHUAÇU!!

🕟SEGUNDA A QUARTA AS 20H00
🕟QUINTA (FERIADO) 18H00 e 20h30
🕟SEXTA 20H00
🕟SÁBADO 18H00 E 20H30
🕟DOMINGO 16H00, 18H00 E 20H30

📍NO COMPLEXO BOSTON CITY

🌐INGRESSOS EM SYMPLA.COM
vem se divertir com a gente 🤩🎉

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui