16 metros de pura tradição gastronômica belo-horizontina

157

Evento marca a abertura da programação cultural e gastronômica no Mercado Central e realiza a maior chapa do mundo de fígado com jiló

Quem nunca ouviu falar do fígado com jiló mais tradicional de Belo Horizonte? No dia 27 de maio, às 10h, o Mercado Central vai sair da rotina com o lançamento do Festival Cultural do Mercado Central, patrocinado pelo Instituto Unimed-BH que, uma vez por mês, levará para um dos pontos turísticos mais amados pelos mineiros uma série de shows de música instrumental popular.

Paralelamente ao festival haverá também uma grande atração gastronômica: : a maior chapa de fígado com jiló do mundo, com 16 metros, montada em frente ao Mercado, na Avenida Augusto de Lima. A expectativa é que mais de 2 mil pessoas passem pelo local durante a realização do evento, afinal, estamos falando da maior chapa de fígado com jiló do mundo.

Serão instalados bares para a venda de tira-gosto e bebidas, além da presença de chefs renomados: Flávio Trombino (Xapuri), Edson Puiati (UNA), Eduardo Avelar (Territórios Gastronômicos), Rosilene Campolina (UNA), Marcos Proença (Patorroco), Jaime Solares (Mercado da Boca e Borracharia), Ivo Faria (Mercado da Boca e Vechio Sogno), Rodrigo Zarife (Mercado da Boca), Ilmar Antônio de Jesus (Casa Cheia), Valdez Maranhão (Buteco do Maranhão), Ronaldo Marques da Silva (Bar Fortaleza) e Wellington Paulo Nunes (Bar da Lora).

O acesso será mediante doação de 5 litros de leite. Toda a arrecadação será revertida para instituições de assistência social. A troca do ingresso será realizada na administração do Mercado e dará direito a uma porção do prato.

Além da gastronomia, o evento também contará com apresentações musicais que integram o Festival Cultural do Mercado Central, cujo patrocínio do Instituto Unimed-BH se dá por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, viabilizado pelo incentivo de 4,7 mil médicos cooperados e colaboradores da Unimed-BH. O público poderá conferir show de chorinho com o grupo Choro Nosso e com o grupo de percussão Batuque Salubre, formado por alunos da Escola de Artes do Instituto no Aglomerado Morro das Pedras.

A convite do Mercado Central, o grupo Magnatas do Samba também participará da programação, trazendo ao evento o samba de raiz.

Essa reunião de amantes de fígado com jiló faz parte da programação do Festival Cultural do Mercado Central. Como ponto turístico gastronômico, histórico e cultural da capital mineira, o local realizará oito eventos ao longo de 2018, com shows no estacionamento. Mensalmente, cerca de um milhão e trezentas mil pessoas passam pelo ponto turístico, conhecido por seus temperos, aromas, sabores, crenças e cores.

O que você não sabe sobre o fígado com jiló

Mais conhecido como fígado acebolado, o prato surgiu na década de 1960, quando os entregadores de mercadoria chegavam ao Mercado muito cedo e famintos. Eles pegavam os jilós nas lojas, levavam aos bares e solicitavam aos “chapistas” para fazer uma porção com os miúdos de carne.

Na década de 1980, o prato caiu no gosto do público. Desde aquela época, o fígado acebolado se tornou uma tradição no Mercado Central, fazendo sucesso e consolidando-se entre as principais receitas mineiras.

INSTITUTO UNIMED-BH

Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH, há 15 anos, contribui com o desenvolvimento social em localidades de atuação da Unimed-BH. Para isso, desenvolve cinco grandes programas: Comunidade, Meio ambiente, Voluntariado, Adoção de espaços públicos e Cultura. Saiba mais em www.institutounimedbh.com.br.

Festival Cultural do Mercado Central

  • Choro Nosso, Batuque Salubre, Magnatas do Samba
  • Dia 27 de maio – 10 horas
  • Av. Augusto de Lima, 744 – Centro, Belo Horizonte – MG
  • Ingressos – doação de 5 litros de leite (troca na administração do Mercado Central de segunda a sábado, de 9h às 17h, no domingo de 99 às 12h)
  • Ingressos limitados.
  • Informações: 3274 9434

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui