Mais 11 municípios assinam convênio de adesão ao Pronasci

357

pronasci-jmarcosOnze municípios brasileiros acabam de se integrar ao Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Com isso, o município poderá elaborar projetos na área de segurança pública, de acordo com as suas necessidades, que serão analisados por técnicos e financiados com recursos do Ministério da Justiça. As propostas podem ser encaminhadas até 24 de julho.

Segundo o Ministério, os 11 municípios foram selecionados após a análise de centenas de pedidos, o que atesta o interesse despertado pelo Programa. Os municípios foram escolhidos a partir da análise dos índices de violência e de criminalidade e de boas práticas das prefeituras na área de segurança pública.

Os critérios de seleção também buscaram evitar a concentração geográfica de municípios contemplados. Foram escolhidos municípios de sete estados. São eles: Passo Fundo, Vacaria e Bagé (RS); Uberaba (MG); Pinhais (PR); Caruaru e São Lourenço da Mata (PE); Nossa Senhora do Socorro (SE); Aparecida de Goiânia (GO) e Jundiaí e Rio Claro (SP). Os convênios foram assinados na última terça-feira (ontem), pelo ministro da Justiça, Tarso Genro e pelos prefeitos das cidades.

Paradigma de segurança – O Pronasci articula políticas de segurança com ações sociais, prioriza a prevenção e busca atingir as causas que levam à violência, sem abrir mão da repressão. São 94 ações que integram a União, os estados, municípios e diversos setores da sociedade.

Os públicos-alvo do programa são jovens de 15 a 24 anos à beira da criminalidade, presos e os que já cumpriram pena. Com as novas adesões, o Pronasci estará presente em 108 municípios, 20 estados e no Distrito Federal.

Editado pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República
Brasília, 15 de Julho de 2009

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui