Parque Nacional da Serra dos Órgãos completa 70 anos

261

serraO Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso), na região serrana do Rio, completou 70 anos com novidades para os visitantes. Entre elas, uma sinalização bilíngue, revitalização da área de camping e do casarão do Museu Von Martius e a ampliação da trilha suspensa que passa pelas copas das árvores e por cachoeiras, adaptada para cadeirantes, e um centro de visitantes de Teresópolis. O parque foi o primeiro a ser contemplado pelo Programa Turismo nos Parques, criado há cerca de um ano pelo governo federal, com verba de aproximadamente R$ 3,5 milhões.

Os ministros do Meio Ambiente, Carlos Minc, e do Turismo, Luiz Barretto, participam participaram da festa. Para Luiz Barretto, a “dobradinha” com o Ministério do Meio Ambiente mostrou ser um sucesso. “Um ano depois, vimos que esse é o melhor mecanismo de preservação, ocupando o parque de forma ordenada, com possibilidade de gerar emprego e renda e, ao mesmo tempo, preservar o parque. Um exemplo a ser seguido. Nos próximos anos, completaremos um circuito de parques preparados para receber bem os turistas.”

Minc declarou que esse é apenas o primeiro passo para desenvolver o potencial dos parques no país.“São apenas 4 milhões de brasileiros que visitam nossos parques, enquanto nos Estados Unidos quase 200 milhões de turistas freqüentam os parques do país anualmente. Sendo que os nossos são mais bonitos. Então alguma coisa está errada. Precisamos reverter este quadro. Nossa meta é dobrar a área protegida da Mata Atlântica e ampliar a forma de visitação.”

Os ministros anunciaram que estão estudando uma nova parceria para incentivar o ecoturismo em parques próximos às cidades da Copa de 2014.

Durante a solenidade, foram homenageados servidores que ajudaram a construir a história do parque e criado o Grupo de Esportes na Natureza pelo Instituto Chico Mendes, que vai qualificar os gestores das unidades de conservação por todo o país e estimular a abertura dos parques nacionais para atividades esportivas.

Outra novidade do parque é o novo abrigo de montanha do Açu (a 2,2 mil metros de altitude), com capacidade para 30 aventureiros pernoitarem durante a caminhada de 30 quilômetros entre Petrópolis e Teresópolis, que costuma durar três dias.

O Parque Nacional da Serra dos Órgãos se destaca por ser uma das áreas de maior diversidade de Mata Atlântica no país e por ser um ponto importante de ecoturismo no Brasil. Abrange os municípios de Guapimirim, Magé, Petrópolis e Teresópolis e protege mais de 20 mil hectares da Mata Atlântica brasileira.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui