Receita faz apreensão recorde de produtos piratas em Santa Catarina

153

A Receita Federal fez hoje (22) a maior apreensão de mercadorias piratas já registrada em uma única operação. No Porto de Itajaí (SC), os agentes apreenderam cerca de 260 toneladas de produtos falsificados de marcas de grife. A carga estava em 13 contêineres que vieram da China e seriam distribuídos em todo o país.

De acordo com a Receita, a apreensão foi a maior em volume de mercadorias numa única operação. Entre os itens confiscados, estão relógios, camisas, bermudas, tênis, óculos, ternos e bolsas. Até lentes de contato falsificadas foram encontradas.

O valor de mercado dos produtos supera R$ 50 milhões. Apenas parte da carga de óculos alcança o valor de quatro milhões de reais. A apreensão teve início por meio de investigação da alfândega da Receita em Itajaí, que descobriu a falsa declaração de conteúdo ao fazer a verificação física da carga.

Segundo a Receita, as empresas importadoras são de cidades do estado de São Paulo. A Receita Federal está investigando possível relação entre elas. A operação foi batizada de Barba Negra, em referência a um dos piratas mais famosos da história. As mercadorias falsificadas serão encaminhadas para destruição depois dos trâmites legais.

Agência Brasil

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui