Argentina, haverá segundo turno entre Sergio Massa e Javier Milei

140

Por Devair G. Oliveira
Com 90% das urnas apuradas, o candidato Sergio Massa obteve 36,2% dos votos e Javier Milei com 30,19% dos votos nas eleições realizadas neste domingo (22), e irão para a disputa do segundo turno no dia 19 de novembro.

Em terceiro lugar ficou a candidata Patricia Bullrich, com 23,82%, seguida por Juan Schiaretti, com 7% e Myriam Bregman, com 2,66% dos votos.

Sergio Massa, do partido peronista União pela Pátria, é o atual ministro da Economia da Argentina, faz parte do atual governo que levou a Argentina a uma inflação de 138,3%, por tanto para muitos analistas, Sergio Massa como atual ministro da economia não resolveu o grave problema da economia, e só é candidato porque o presidente Alberto Fernández e sua vice Cristina Kirchner não tiveram coragem de se candidatarem devido ao péssimo governo que fizeram.

Infelizmente o mundo passa por um problema grave que poucas pessoas percebem o quanto agem a esquerda por onde passam, e uma vez no poder não querem deixar, veja que Lula conseguiu um empréstimo de 5 bilhões de dólar para a Argentina e toda a cúpula de marketing do PT estão na Argentina fazendo a campanha de Sergio Massa, é uma propaganda geral da imprensa da Argentina quanto a brasileira tentando de todas as formas colaborarem para manter a esquerda no poder, usando as mentiras que tanto praticam.

Acredito na vitória do Javier Milei, que provavelmente terá a maioria dos votos dos eleitores de Patrícia Bullrich, que obteve 23,82% dos votos, e muitos que não votaram irão votar no segundo turno do dia 19/11 para mudar a política da Argentina.

A imprensa faz na Argentina a mesma coisa que fizeram aqui no Brasil contra Bolsonaro, mas a maioria dos argentinos sabe o quanto o povo brasileiro ama Bolsonaro e não embarcarão na campanha que tentam depreciar o candidato conservador Milei.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui