Cidade de Lidice conheça a história do pequeno vilarejo que foi destruído pelos nazistas

96

A cidade de Lidice, na República Checa, tem uma história trágica. No dia 10 de junho de 1942 o pequeno vilarejo foi destruído pelos nazistas como represália pela morte do oficial alemão Reinhard Heydrich.

Na ocasião, 173 homens foram mortos a tiros e a maior parte das mulheres e crianças da cidade foram levadas para campos de concentração, em especial o de Chelmno, na atual Polônia.

Porém, ao longo dos anos Lidice foi restaurada e hoje abriga um memorial com um museu para que os horrores da guerra nunca sejam esquecidos.

E a parte mais chocante do memorial é o conjunto de esculturas em bronze, em tamanho real, que fica no jardim e retrata 82 crianças do vilarejo que foram mortas pelos nazistas.

As esculturas começaram a ser esculpidas em 1969 pela artista Marie Uchytilová. Demorou vinte anos para que Marie fizesse os 82 moldes em gesso das estátuas.

Ela conseguiu finalizar em bronze as três primeiras estátuas do conjunto, usando dinheiro do próprio bolso. Mas a escultora morreu repentinamente, em novembro de 1989, sem ver o trabalho de sua vida finalizado.

Coube a seu marido, J. V. Hampl, continuar os trabalhos. Foi só no ano 2000 que as últimas estátuas foram finalizadas.

Estátuas das crianças assassinadas por nazistas na cidade de Lidice, República Checa / Foto: Divulgação Memorial de Lidice

Veja os detalhes das estátuas das crianças assassinadas:

Estátuas das crianças assassinadas por nazistas na cidade de Lidice, República Checa / Foto: Divulgação Memorial de Lidice Estátuas das crianças assassinadas por nazistas na cidade de Lidice, República Checa / Foto: Divulgação Memorial de Lidice.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui