ONU diz que 70 pessoas foram encontradas com vida entre os escombros no Haiti

326

carrosdestruidos_g_20100115O Escritório das Nações Unidas para Assistência Humanitária (Ocha, na sigla em inglês) informou hoje (17) que até agora 70 pessoas foram encontradas vivas entre os escombros do que restou da capital do Haiti, Porto Príncipe, após o terremoto da última terça-feira (12). Mais de 60% da área devastada já foi rastreada pelas equipes de resgate. As informações são da agência Lusa.

“É um número recorde de pessoas encontradas com vida após um terremoto. E não está perdida a esperança de encontrar mais sobreviventes”, disse Elizabeth Byrs, porta-voz da Ocha. Segundo ela, pela experiência dos peritos é possível haver pessoas com vida entre os escombros até seis dias depois de um terremoto.

Há pelos menos 43 equipes de salvamento trabalhando dia e noite. “Trabalham sem parar, em condições apocalípticas, mas a moral deles está muita alta, porque apesar das duras condições, são estimulados pelo grande número de pessoas que já conseguiram salvar com vida”, afirmou.

As equipes dispõem de “material de ajuda muito pesado, capaz de penetrar no cimento armado e têm também aparelhos acústicos e de fibra ótica para localizar pessoas com vida” sob os prédios desmoronados, segundo Elizabeth Byrs.

Na avaliação da Ocha, o problema mais grave agora é a falta de equipamentos e equipes médicas para atender os feridos. “É preciso tratar e operar os feridos para não morrerem, mas não há pessoal médico suficiente”, lamentou a representante da ONU, reforçando a preocupação de organizações humanitárias como a dos Médicos Sem Fronteiras (MSF).

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui