Tribunal francês abre investigação contra Lagarde

179

 Um tribunal francês abriu investigação nesta quinta-feira sobre a atuação da diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, em um acordo milionário para fechar uma batalha judicial quando era ministra das Finanças da França.

A Corte de Justiça da República, foro especial para ministros, anunciou a decisão após uma reunião de várias horas, na qual examinou os resultados de um inquérito preliminar feito por um painel do Judiciário.

Lagarde, que substituiu Dominique Strauss-Kahn na chefia do FMI em julho, negou qualquer desvio de conduta ao ter aprovado o pagamento de 285 milhões de euros a Bernard Tapie para encerrar uma longa disputa legal com um antigo banco estatal.

O advogado de Lagarde, Yves Repiquet, afirmou em comunicado que a investigação não deve afetar as funções dela no comando do FMI.

Esse procedimento não é de maneira alguma incompatível com as funções atuais da diretora-gerente do FMI’, disse Repiquet em comunicado enviado por e-mail depois do anúncio do tribunal.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui