Homem não demonstra remorso por matar professora em sala de aula

218

Crime aconteceu na tarde de quarta-feira em São Bonifácio

O homem que matou a ex-mulher, uma professora de 40 anos, em São Bonifácio, na Grande Florianópolis, falou à polícia sobre o homicídio. Cleber Duarte, 33 anos, foi preso logo após atirar contra Elisabete Regina Oliveira Goulart Duarte por volta das 14h30min desta quarta-feira. O assassinato aconteceu dentro de uma sala de aula da Escola de Educação Básica Santo Antônio, na localidade de Santo Antônio.

Durante o interrogatório, Duarte confessou a autoria dos disparos. Segundo o delegado Alessandro Isoppo, que investiga o caso, o ex-marido afirmou ter consumido cocaína e bebida alcóolica na manhã que antecedeu o crime.

— O que mais me deixou surpreso foi com a frieza e a calma dele. Cleber não demonstrou nenhum remorso por ter praticado essa atrocidade. Me pareceu uma pessoa extremamente ciumenta e possessiva e que imaginava que a mulher estava o traindo — conta Alessandro.

O homem também teria dito que já teve diversos desentendimentos com a Elisabete e que estava separado dela há dois dias. No momento do crime, Duarte entrou armado na escola. Dentro de sala de aula, pediu para algumas crianças se retirarem e trancou a porta.

— Ele trancou a sala, impossibilitando a defesa da vítima. Friamente, deu um tiro na cabeça da ex-mulher, conforme o relato dele próprio — diz o delegado.

Elisabete foi atingida com quatro tiros na cabeça e um no peito. Após os disparos, Cleber não fugiu. A polícia o encontrou ainda dentro da sala e não reagiu à prisão.

O homem, que diz ser autônomo, está detido na delegacia de Santo Amaro da Imperatriz, em uma cela isolada para preservar sua integridade física. O delegado conta que Duarte já foi preso anteriormente por roubo. Em breve, ele deve ser encaminhado a uma unidade prisional.

Se condenado pelo crime de homicídio qualificado, o autor terá de cumprir pena de 12 a 30 anos de prisão.

Com informação do Diário Catarinense

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui