Militares concluem Curso Especial de Formação de Sargentos

72

Em uma cerimônia realizada na tarde desta sexta-feira (15) no auditório da FIEMG, em Ipatinga, 76 militares lotados em unidades operacionais da 12ª Região de Polícia Militar concluíram o Curso Especial de Formação de Sargentos (CEFS). O treinamento de três meses preparou os militares para ocuparem a posição de 3º Sargento.

O currículo do curso incluiu disciplinas teóricas e práticas, como Direito Penal e Processual Penal, Direito Constitucional, Direitos Humanos, Ordem Pública, Técnicas de Polícia Ostensiva e Táticas Policiais.

Os três primeiros colocados no curso foram Cabo Leonardo Ferreira da Silva, Cabo Hernane José Teixeira e Cabo Pedro Celiano Stofel de Oliveira. O Cabo Leonardo também foi homenageado por sua dedicação ao longo do treinamento, ele recebeu das mãos do paraninfo, Tenente-Coronel André Pedrosa do Rosário, comandante do 62º Batalhão, uma premiação.

É importante ressaltar que dos 76 concludentes do curso, seis já atendem a todos  os requisitos para a promoção a terceiro sargento. Os ritos complementares aconteceram na sequência, com a aposição das divisas, o compromisso e a continência ao pavilhão nacional.

A cerimônia foi presidida pelo Coronel Paulo Henrique Carneiro Leão Cardoso, comandante da 8ª RPM de Governador Valadares, que está respondendo pelo comando da 12ª Região.

Em seu discurso, o Coronel Paulo Henrique destacou a importância da qualificação profissional para a PMMG. “A formação dos nossos militares é essencial para que eles possam desempenhar suas funções com excelência e garantir a segurança da população”, disse.

De acordo com o Coronel, no decorrer do curso, os novos sargentos são atualizados nas doutrinas da Polícia Militar, seja no quesito administrativo, como no operacional. “ eles ficam realmente muito atualizados com aquilo que há de mais novo, tanto no nosso arcabouço jurídico, nas nossas legislações internas e externas, mas também na operacionalidade propriamente dita, naquilo que ele pode potencializar a segurança pública nas cidades. Então, com toda certeza, a comunidade recebe policiais renovados, quase que como se soldados novos fossem, tamanha a vibração que eles têm” ressaltou.

A sargento Giselly Maria disse que o mais desafiador no curso é o distanciamento da família. “ São muitas horas de estudo, falta tempo para os filhos e para o cônjuge, mas com o apoio de todos vencemos. Agora subimos mais um degrau e sabemos que teremos novas responsabilidades, mas sempre prontos para servir a sociedade”.

A solenidade contou com a presença de familiares e amigos dos formandos, além de autoridades civis e militares.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui