Ocorrências policiais

231

Da redação do Jornal das Montanhas Online

Em Pedra Bonita 6/04/09 – PM recupera moto Honda CG Titan 150 que havia sido roubada. A motocicleta foi apreendida e apresentada na Delegacia da Polícia Civil de Abre Campo para realização de perícia técnica. A vítima: Lourival José do Carmo, 21 anos, solteiro, lavrador, compareceu ao local para tomar as medidas de praxe para reaver seu veículo.

Posto de Combustíveis é assaltado

Em 03/04/09, por volta das 00h41min a PM compareceu ao Córrego do Lomba, Zona Rural, Durandé, onde a vítima Nelson Faria, 58 anos, Frentista, relatou que indivíduos bateram na porta do alojamento, dizendo que queriam gasolina, quando abriu a porta foi surpreendida por 02 (dois) indivíduos desconhecidos, ambos armados, que anunciaram o assalto e vendaram os olhos do frentista.
Os envolvidos entraram no posto e levaram a quantia aproximada de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), 08 (oito) celulares Motorola com defeito e 01(um) VW/Gol de cor preta que estava no pátio do posto, saindo em alta velocidade com destino a MG 108.
De imediato foram acionados cerco e bloqueio, sendo o veículo encontrado capotado entre Durandé e Lajinha.
Durante o rastreamento, os suspeitos Lauro Rubet, 29 anos, Lavrador, e Luciano Rocha Martins, Lavrador, foram localizados próximo ao cemitério de Durandé e com eles encontrados 03(três) armas de fogo (dois revólveres cal. 32 e uma PT 6.35), 02 (dois) celulares e a quantia de R$ 1.936,00. O outro suspeito Jorge da Silva Catrinck, Lavrador, foi localizado na cidade de Manhumirim, sendo encontrado com ele a quantia de R$195,50 (cento e noventa e cinco reais e cinquenta centavos). Todos foram presos em flagrante delito, conduzidos para a Delegacia de Manhumirim e autuados.

Homicídio em Santana do Manhuaçu

Em 03/04/09, por volta das 11h30min, os policiais militares que compõe a equipe do Tático Móvel composta pelo CB Cledisson, SD Márcia e SD Diniz, deslocaram até Santana do Manhuaçu no intuito de localizar e prender o suspeito do homicídio, bem como apreender a arma de fogo e o veículo utilizado na fuga do suspeito. A equipe conseguiu localizar apenas o veículo que se encontrava estacionado na garagem do proprietário do veículo: Roni Chagas Maciel, 34 anos, lavrador, residente na Fazenda Bom Sucesso Zona Rural de Santana. Segundo o proprietário, o veículo foi abandonado pelo suspeito do homicídio em uma estrada vicinal as margens da Rodovia MG 111 próximo ao KM 46, sendo que ele ao saber disso foi até o local retirando o veículo e levando-o para a garagem de sua casa. O veículo foi apreendido e removido pelo Socorro São Lucas até o pátio credenciado em Manhuaçu.

Pedreiro é Roubado ao sair de Bar

No dia 03/04/09, por volta das 21h49min, a PM compareceu na Avenida Tancredo Neves, Bairro Santana, Manhuaçu/MG, onde o pedreiro e vítima Luiz José Sabino, 38 anos, relatou que um homem não identificado lhe agrediu fisicamente, jogando-o no chão, em seguida roubou R$250,00 em dinheiro que estava no bolso de sua bermuda, fugindo logo em seguida.
Tráfico de drogas em Manhuaçu
Em 05 de abril de 2009, por volta das 05h, a PM compareceu à Rua Esperança, Bairro Santa Luzia, após várias ligações através dos 190, informações alegando que na Rua Esperança, indivíduos estavam vendendo drogas em uma casa, o Grupamento do tático montou uma equipe para monitorar o local, onde foi constatada a veracidade dos fatos e que o menor/infrator 16 anos, irmão do suspeito. Após um veiculo VW/GOL, TAXI, de cor vermelha, ter saído do local, onde foi abordado, foi constatado que o passageiro/comprador já havia sido deixado próximo ao estádio JK. Foi feito então a abordagem do autor e do menor/infrator, que se encontravam próximo a casa, do lado de fora. Dentro da casa foram encontrada ao lado de um televisor, 43 pedras de CRACK, e dentro de uma lata tipo cofre, uma quantia de R$1.211,50. Diante dos fatos o suspeito Robson de Souza de Oliveira foi preso e o menor apreendido, conduzidos para a Delegacia de Polícia.

Tecnologia contra o crime

11º BPM – PM e CONSEP RURAL. Usam tecnologia contra o crime na última quinta-feira, o CONSEP RURAL, Conselho Comunitário de Segurança Pública Rural, entregou nas mãos do Sub. Ten. Gonçalves, Comandante da Patrulha Rural de Realeza um computador Notebook que será empregado no trabalho de banco de dados de marginais contumazes. Neste banco de dados serão inseridos todas as ações delituosas praticadas pelos infratores de todo o Batalhão, com registros de cada prisão, delito, ocorrência registrada e até mesmo uma simples abordagem policial em qualquer um dos 28 municípios que integram o 11º BPM.
Com este banco de dados, será possível identificar os infratores que atuam em cada Rua, Bairro, Vila ou Distrito, auxiliado pelo levantamento fotográfico de cada localidade, o policial poderá identificar ruas, becos, vielas e outros pontos que venham a facilitar uma provável fuga do infrator.
Também será possível proceder ao reconhecimento de infratores pelas vítimas, uma vez que o banco também disporá da foto de todos os delinquentes do Batalhão, situação que facilitará na identificação e autores de crimes.
O Presidente do CONSEP RURAL, Sr. José Eugênio de Araújo Teixeira, falou também da necessidade de estar melhorando a iluminação nos Distritos, que todos os moradores das comunidades rurais têm em suas fatura de energia elétrica as despesas com Taxa de Iluminação Pública, mas entende que nos Distritos podem também ter uma melhoria neste tipo de serviço. Acrescentou ainda o Presidente que será realizado um levantamento das localidades onde a iluminação pública carece de melhorias, para posteriormente estar levando a situação para análise e solução pela ENERGISA.
Segundo informou o Sub Ten. Gonçalves, quanto ao emprego de computador pela Patrulha Rural, a grande novidade ficará a cargo da possibilidade do recebimento e do arquivamento de imagens. A Patrulha Rural, que frequentemente recebe denúncias da ação de infratores nos Distritos e considerando que a maioria dos aparelhos de telefone celular dispõe de câmera, ainda o fato de que em quase toda a residência existe uma câmera digital. Estará sendo incentivada a coleta de imagem através destes aparelhos. Ou seja, sempre que um cidadão de bem deparar com um fato ilícito em seu Distrito, Vila ou Zona Rural, além da denúncia, havendo possibilidade sugere a coleta de imagem, seja em foto ou arquivo de vídeo.
O objetivo é de estar coletando cenas de infrações práticas nestas comunidades e que interferem diretamente na vida dos cidadãos de bem, citamos como exemplo os fatos mais denunciados como: direção perigosa de veículo, motociclista, empinando moto, uso e tráfico de drogas em via pública e outros delitos que, mesmo havendo denúncia, após a chegada da Polícia Militar, tendo cessado ato ilícito, fica praticamente impossível qualquer atividade de repressão. Porém, estando de posse de imagens de práticas delituosas anteriormente cometidas, poderá o policial fundamentar a condução do infrator à Delegacia de Polícia com base nas provas que já possui em arquivo.
Desta forma, entendemos que não é necessário dispor de grande quantia em dinheiro para que possamos ter um eficiente monitoramento com câmeras na Zona Rural. As câmeras já estão ai e por toda a parte basta agora que apontemos para a direção certa. A exemplo da denúncia anônima, será resguardado o sigilo daquele que capturou as imagens, que poderá ser repassadas à Polícia Militar ou a um membro do CONSEP em seu Distrito. Todas as imagens serão arquivadas no computador da Patrulha Rural, estando à disposição das autoridades e das comunidades através do CONSEP RURAL.
Com a adoção deste procedimento, acreditamos que em breve as pessoas de bem dos Distritos não mais presenciaram a prática de infrações em via pública. Isto porque os infratores terão sempre a sensação de que seus atos estão sendo registrados. “INFRATOR SORRIA, VOCÊ ESTÁ SENDO FILMADO”. Lembramos que segurança pública é dever do Estado e obrigação de todos.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui