Ocorrências Policiais

195

ATENTADO VIOLENTO AO PUDOR

No dia 22 de junho, segunda-feira, a guarnição policial, composta pelo Cabo Ageu e Soldado Flavio Mota, foi acionada a comparecer ao terminal rodoviário para dar apoio ao conselho tutelar. A conselheira, Cleide Maria de Oliveira, disse que fora procurada pela vítima, menor de idade, acompanhada por sua genitora, relatando que em 11 de junho, o autor, João Batista Pereira, 35, residente no Córrego Boa Vista, zona rural de Santo Amaro, tio da vítima, teria abusado sexualmente dela e, na ocasião, a vítima afirma que o autor, após despi-la, passava a língua em sua vagina e alisava o pênis no meio de suas pernas até ejacular. Tal abuso sexual teria ocorrido quando a vítima se encontrava sozinha em sua casa. A vítima alega que o autor já teria abusado sexualmente dela outras vezes, o qual faz ameaças de agressão caso ela contasse para alguém. A PM e a conselheira tutelar encaminharam mãe e filha à delegacia de polícia para adoção das formalidades legais.

ABANDONO INTELECTUAL

No dia 22 de junho, segunda-feira, a PM deparou com duas menores, 15 e 10, perambulando pelo terminal rodoviário e, ao iniciar uma conversa com as meninas, a de 15 anos disse que estava na rodoviária a procura de cliente para a prática de prostituição, disse ainda que cobra R$ 50,00 (cinqüenta reais) o programa, porém não relatou com quem já teria o feito. A criança de 10 anos informou que nunca fez programa. A conselheira tutelar, Lenira Heringer de Oliveira Salles, acompanhou toda a ocorrência e todos os diálogos. Os pais das menores foram localizados e disseram não ter controle dos filhos, tendo a mãe da adolescente de 15 anos dito que tem conhecimento que a filha está se prostituindo, mas que não tem domínio da filha. Diante de tais declarações, as menores, bem como seus responsáveis legais foram conduzidos à delegacia de policia para adoção das providências cabíveis.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui