Ocorrências policiais

161

ESPERA FELIZ – Preso por agredir mulher com enxadão.

Em  23/10/2009 – Por volta das 08h15 a  viatura policial compareceu ao hospital de Espera Feliz, onde deu entrada a vítima, Floricelia Toledo Ferreira, 43 anos,  onde segundo informações do médico em estado de coma profundo, onde foi informado pela filha da vítima, no  Córrego Vargem Alegre, Zona Rural em Espera Feliz,  sua mãe estava abrindo uma valeta para desviar a enxurrada, próximo a casa do envolvido, Agnaldo Araujo Mariano, 18 anos, momento em que este chegou com um enxadão, desferindo varias pancadas na cabeça de Floricelia.

Agnaldo se apresentou a Polícia Militar, alegando que tal fato se deu por que foi interferir para que a vítima, Floricelia não desviasse a enxurrada pela segunda vez para dentro de seu terreno, momento em que a Floricelia começou a o ofender, estando de posse de uma arma de fogo cal.38 na cintura, porém tal arma não foi encontrada com a vítima.

Agnaldo foi preso em flagrante delito e conduzido para Delegacia de Polícia juntamente com a arma do crime apreendida, onde foi autuado em flagrante delito.

MUTUM – Segurança é baleado e morre em baile 

Em  25/10/2009 – 03h50    A PM compareceu na  Rua Hilton Lança, s/n, Centro,  Mutum/MG. Onde a viatura policial compareceu no Invejada Campestre Clube onde estava sendo realizado um baile e deparou com as vítimas Antônio e Alessandro caídas ao solo gravemente feridas por disparos de arma de fogo, sendo ambas socorridas ao Pronto Socorro Municipal vindo a vítima Antônio José Sanches, 32 anos, agente penitenciário,  não resistir aos ferimentos e falecer, já a vítima Alessandro José Vieira, 28 anos, segurança, 28 anos,  devido a gravidade de seus ferimentos foi encaminhada para Manhuaçu/MG, onde foi internada em estado grave no Hospital Cesar Leite. Quanto a vítima Rosiane Costa Alves, professora, 29 anos, foi levada ao Pronto Socorro Municipal por ter sido ferida de raspão por um dos  disparo; que veio atingir seu  pescoço, sendo liberada em seguida.

No local dos fatos a PM recebeu informações que logo após os disparos os seguranças que trabalhavam no local fugiram sentido ao município de Aimorés/MG. Em rastreamento a PM conseguiu localizá-los  e apresentá-los  a autoridade policial que após ouvi-los, os liberou por falta de provas. No entanto a PM registrou uma ocorrência por Exercício Ilegal da Profissão, por exercerem a atividade de segurança sem o devido amparo legal.

 Foi apurado no local que as vítimas Antônio e Alessandro também trabalhavam no local como segurança. Sendo que foi encontrada com a vítima Alessandro um revolver Taurus, calibre .38 com seis cartuchos intactos.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui