Operação Viúva Negra prende suspeita de encomendar morte do parceiro

429

Policiais civis em Manhumirim cumpriram, nesta segunda-feira (6), mandado de prisão contra uma mulher suspeita de ser mandante do assassinato do próprio marido, um cadeirante, morto no dia 13 de março, na cidade de Durandé, Zona da Mata.

A Polícia Civil procura agora pelos outros dois suspeitos, executores do crime, que permanecem foragidos. No dia do homicídio, a dupla adentrou a residência da vítima e a executou com diversos tiros de arma de fogo, fugindo em seguida.

Conforme explica o Delegado Glaydson de Souza Ferreira, a motivação do assassinato está ligada ao fato de que a morte da vítima representaria vantagem econômica para a companheira. “Um dos suspeitos de executar o crime, inclusive, seria amante da vítima também”, pontuou. “Em que pese os cuidados que estamos tomando em virtude da pandemia do coronavírus, a Polícia Civil está altiva e vigilante, e pessoas que estão cometendo crimes serão, conforme a lei, responsabilizadas”, finalizou.

ASCOM-PCMG

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui