Polícia entra em casa sem autorização, recolhe 2 armas, mas desiste e recoloca no mesmo lugar

69

Revoltado senhor quebra viaturas da Sema com Picareta,

Fonte: redação do Mídia News
Caso aconteceu na segunda-feira na zona rural de Colniza; segundo informações ele responderá por 5 crimes.
Revoltado com apreensão de seu maquinário, um madeireiro danificou veículos da Sema Secretaria Estadual de Meio Ambiente) na manhã do dia (11) em Colniza.
A ação foi realizada após ser constatado desmatamento sem licença feita em sua propriedade, identificada como Mandaça.

Segundo informação da Polícia as armas não foram apreendidas por terem registros válidos até 2031, um rifle calibre 22 e uma espingarda.
“Nós vamos sair daqui só mortos, pois temos armas”. Disse o cidadão que não teve o nome revelado.
A fonte revela um pouco diferente do que se vê no vídeo, poderia ter havido até morte, a sorte é que os policiais foram equilibrados, e tal vez por não estarem com uma decisão judicial.

As máquinas foram apreendidas e conduzidas até Cuiabá

Veja este vídeo e dê sua opinião, você acha que a polícia exagerou? O senhor revoltado pega uma Picareta e faz estragos nos carros, depois pega um trator e quase acaba com os carros, mas na conversa dos policiais ele parou, não sabemos o desfecho dessa ocorrência, se souber comente aí ou envie para o nosso Whatsapp (33)98887-8409, não sabemos se o senhor foi preso depois, pois ele não aceitou a voz de prisão. Confira o vídeo a baixo:

E quando os policiais entrarem na minha casa sem autorização? O que posso fazer?

Esclarecemos que a polícia pode ingressar na sua casa quando:

1 – Você autorizar expressamente (por vídeo gravado pelo policial ou termo de permissão de forma escrita);

2 – Os policiais possuírem mandado de busca e apreensão emitido por um juiz competente;

3 – Houver flagrante delito dentro da residência (tiros disparados, pedidos de socorro verídico, a polícia de fora da residência vê alguém agredindo outra pessoa)

4 – Em caso de desastre natural ou provocado pela mão humana.

Fora dessas circunstâncias A POLÍCIA NÃO PODE ENTRAR NA RESIDÊNCIA DAS PESSOAS, e se isso acontecer você deve imediatamente, sempre que possível, fazer essas três coisas:

1 – Chamar alguém para presenciar a invasão dos policiais;

2 – Gravar a invasão, dizendo sempre que não está autorizando a entrada dos policiais;

3 – Chamar um advogado criminalista

Quando a polícia invade o domicílio de alguém, de forma ilegal, há uma chance do processo criminal ser anulado em razão das provas colhidas de maneira irregular, desde que o advogado criminalista leve a questão até o Superior Tribunal de Justiça, pois infelizmente é muito raro o juiz da causa, ou até mesmo o Tribunal de Justiça do Estado ou Tribunal Federal da Região, acolher os pedidos de nulidade, revogação de prisão preventiva e até mesmo de trancamento da ação penal.

Isto porque no Brasil, existe de fato uma resistência absurda por parte dos magistrados de primeiro e segundo grau, obedecerem a jurisprudência das Cortes Superiores (STF e STJ), por isso a importância do advogado esgotar sempre a via recursal, bem como impetrar os Habeas Corpus competentes, buscando corrigir as nulidades encontrados no processo, bem como alcançar a liberdade provisória e até mesmo definitiva daqueles que sofreram alguma ilegalidade no decorrer da investigação policial ou processo penal.

Por fim, diante da constatação da ilegalidade do ingresso ao domicílio por policiais, é possível que o advogado criminalista consiga algum sucesso em pedidos de revogação de prisão preventiva, impetrando Habeas Corpus liberatório para o Superior Tribunal de Justiça onde há o reconhecimento sedimentado de nulidades da prova encontrada, em situação de invasão domiciliar irregular.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui