Seguradora nega pagamento de seguro ao constatar peças trocadas no veiculo

177

Em data de onze de maio, por volta de cinco horas da tarde na Avenida Presidente Tancredo Neves, Bairro Santana na cidade de Manhuaçu/MG, a equipe de policiais compareceu ao local, onde segundo a vítima, após ter envolvido em um acidente de transito, deixou seu veiculo Toyota HILUX SRV, em uma oficina de lanternagem e pintura, a vitima disse que deu entrada do veiculo no dia dezesseis de março e tirou algumas fotos do veiculo para comprovação dos danos ocorridos no automóvel, cerca de oito dias depois o veiculo foi retirado da oficina para ser levado a cidade de Belo Horizonte para ser vistoriado pela seguradora, momento em que o proprietário do carro foi informado pela seguradora que no veiculo haviam sido tiradas e trocadas varias peças por outras usadas e deterioradas, peças estas em locais que não seriam afetadas com o acidente, por este motivo o veículo não passou pela perícia e não será ressarcido pela seguradora.

A vítima tentou ligar e procurar pessoalmente o proprietário da oficina exigindo explicações sobre o fato, porém não conseguiu localizá-lo. Na oficina foi feito contato com a testemunha esposa do autor, que disse não saber onde seu marido esta.

Foi qualificada uma testemunha que também possui um veiculo HILUX, e ao ver o veiculo da vitima que estava em cima de um caminhão reboque, em frente à oficina, reconheceu que a tampa traseira e o pára-choque traseiro que estavam no veiculo da vitima foram retirados de seu veiculo na época em que procurou o proprietário da oficina para comprar algumas peças. Esta testemunha afirma que o autor lhe disse que teria umas pecas de HILUX novas para vender por um preço razoável, então comprou do autor 01 tampa traseira, 01 pára-choque traseiro e 01 capota marítima, deixando as peças velhas de sua HILUX na oficina, peças que aparentemente foram retiradas do veiculo da vitima.

A vítima alega que foram trocadas por outras pecas usadas painel completo, volante, retrovisor esquerdo, farol esquerdo, portas do lado esquerdo, pára-lama esquerdo, pneus traseiros e pneu sobressalente. Foram subtraídos do veiculo: capota marítima, máquinas de vidro elétrico, botões das portas e engate. Foi feito rastreamento, contudo o autor não foi localizado até o momento.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui