Governo quebrou confiança da caderneta da poupança, afirmam partidos de oposição

169

Ivan Richard
Agência Brasil
Brasília – Os partidos de oposição no Congresso Nacional divulgaram, há pouco, uma nota de repúdio às mudanças na caderneta de poupança e afirmam que o governo “quebrou” a confiança do povo brasileiro ao mexer na poupança.
No documento, assinado por PSDB, PPS e DEM, a oposição argumenta que a mudança nos critérios da poupança “mostra que o governo Lula optou por prejudicar o pobre, o aposentado, o trabalhador, criando um novo imposto para não perder arrecadação”.
“A caderneta de poupança é o único refúgio da economia popular. O governo sabe disso, mas, estranhamente, anunciou uma desoneração temporária nos fundos de aplicação e uma tributação permanente na poupança, que guarda o fruto do trabalho do povo”, diz trecho da nota.
Líderes da oposição prometeram, ainda, ir às ruas e tentar convencer os aliados do governo, no Congresso, a não aprovar as medidas anunciadas hoje.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui