OS VEREADORES E SEUS SALARIOS SECRETOS

130

Por Jarbas Cordeiro de Campos*
dinheiroQuanto ganha e gasta o vereador que você elegeu na sua cidade? O Cidadão eleitor está obrigado a comparecer as urnas em todas as eleições, senão será multado e impedido de participar de concursos públicos, de obter financiamento em banco estatal ou receber qualquer outro beneficio, até bolsa família.

Todavia, ser obrigado a comparecer as urnas não significa que tenhamos que reeleger o vereador, senador ou qualquer outro político que nos negue a sua obrigação de agir com transparência. A presença é obrigatória, mas o voto é livre, sendo assim na atual conjuntura precisamos demonstrar ou relembra-los o principio constitucional de que “o poder emana do povo e sem seu nome é exercido”, cumprindo-nos como cidadão corrigir o erro do voto dado na última eleição e desta vez não votar no mesmo candidato.

A alternância de políticos nos mandatos é a única forma de manifestação do poder que emana do cidadão que hoje está sendo desrespeitado pelos políticos em todos os níveis, os quais não cumprem os preceitos constitucionais que manda que tudo seja feito, mas com impessoalidade, razoabilidade e transparência. Diga Não a Reeleição!

Não bastasse todos os abusos cometidos em Brasília, agora nossos vereadores se sentem no direito de também nos afrontar e desrespeitando a Constituição se negam a dar transparência do quanto ganham e gastam na Câmara. Se não querem dar transparência é porque tem alguma coisa a esconder. Se querem salários secretos é porque são inconfessáveis, ilegais e abusivos.

Com a palavra o Ministério Público ao qual compete garantir o cumprimento da Constituição, lembrando que vereador não tem imunidade, nem foro especial.

 * Jarbas Cordeiro de Campos é jornalista, editor do Blog Aparte, colaborador de diversas publicações em Minas Gerais e Coordenador do MDLN – Movimento Digital de Libertação Nacional.

7 COMENTÁRIOS

  1. Jarbas, antes, muito antes de ter feito concurso e tomado posse na Câmara Municipal de Belo Horizonte que já fazia política, e sei que muitos políticos brasileiros são ladrões do dinheiro público e não é só dinheiro não, roubam tudo que encontra pela frente. Eu já fui até no Ministério Público, conversei com o Dr. Eduardo Nepomuceno, mas alguns Promotores etc, estão também envolvidos em corrupções. O que fazem, lardeando como defensores da justiça, da ordem e dos bons costumes é de fachada. Me engana que eu gosto!

  2. Este Jarbas Cordeiro de Campos, está falando Manhuaçu! Será?
    – alternãncia de políticos
    – preceitos cosntitucionais
    – transparência na Câmara
    – alguma coisa a escorder
    – salários secretos
    – imunidade parlamentar
    – foro especial.

    Pense num cabra porreta!!!

  3. É prática comum políticos e funcionários públicos se locupletarem fazendo corrupções, piratarias, no serviço públicos. São os quadrilheiros, os bandidos, ladrões dos bens públicos, porque não é só dinheiro que eles roubam não, roubam tudo o que encontrar pela frente.

  4. Roubam a nossa dignidade, a nossa cidadania, a nossa educação, saúde, moradia, alimentação, vestiário. O Brasil é um país tão bom! não merecemos conviver com essa desgraça chamada de corrupção.

  5. Do Norte ao Sul, do Leste ao Oeste, do Oyapoque ao Chui somos todos brasileiros e muito ricos, porque o Brasil é entre os países melhores e mais ricos do mundo, mas somos vítimas de uma cultura que produz toda espécie de corrupção, o primeiro que tenho que corrigir só eu. Corrigir as minhas próprias imperfeições e dai avançar, porque o povo brasileiro precisa cortar na própria carne e depurar isso ai e criar punições para todo e qualquer cidadão que comete ilícitos, mas também ampara o cidadão naquilo que é justo para a qualidade de vida dele e punir os políticos corruptos com os rigores da lei.

  6. Alguns políticos e muitos funcionários públicos são corrúptos e roubam o dinheiro público e tudo o que encontram pela frente.
    Jaci José Ferreira

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui