Pré-sal: extração na Bacia de Santos começa em 1º de maio

299

mapa_presal_novoNo dia 1º de maio o presidente Luiz Inácio Lula da Silva acionará o mecanismo para iniciar a produção no pré-sal da Bacia de Santos, área conhecida como Tupi, dando início ao chamado Teste de Longa Duração (TLD). Para a produção, a Petrobras fretou um navio-plataforma (FPSO São Vicente), que produz, armazena e escoa petróleo. Construído em Cingapura, o navio tem capacidade de produzir até 30 mil barris/dia e ficará ancorado na profundidade de 2.170 metros. O petroleiro já se encontra no Brasil e está sendo preparado para ser conectado ao poço, cujos trabalhos de perfuração foram concluídos.
O teste possibilitará à Petrobras obter informações detalhadas sobre o reservatório e as condições de produção acerca de 6 mil metros de profundidade, abaixo da camada do sal. Este primeiro poço deverá produzir entre 10 mil e 20 mil barris diários em um teste de longa duração, o que permitirá melhor conhecimento do mecanismo natural de produção da jazida e outras informações em que vão se basear os projetos definitivos da área.
A unidade vai produzir petróleo leve de excelente qualidade e maior valor comercial. Segundo a Petrobras, no pólo pré-sal da Bacia de Santos serão perfurados ainda este ano mais nove poços, que vão se somar aos dez já perfurados pela estatal nos últimos dois anos – todos com indicação da presença de petróleo e gás.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui