Tarso considera equívoco da oposição pedir explicações ao governo sobre apagão

135

O ministro da Justiça, Tarso Genro, avaliou hoje (11) como um equívoco a movimentação dos parlamentares da oposição no sentido de criticar e pedir explicações ao governo sobre o apagão ocorrido na noite de ontem (10).

“Acho que eles estão comparando uma catástrofe com um tropeção na distribuição de energia. Acho que é mais um equívoco que eles vão cometer como oposição”, disse ao ser questionado sobre o assunto por jornalistas no Itamaraty, onde o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reúne com o presidente de Israel, Shimon Peres.

Segundo Tarso Genro, a falta de energia elétrica não causou qualquer prejuízo ao sistema de segurança pública e aos presídios federais. “Os presídios federais funcionam de uma maneira estável, absolutamente controlada, sem nenhuma possibilidade de utilização desse incidente para causar algum tipo de desordem.”

A oposição disse que irá pedir ao governo explicações sobre o apagão, e o líder do DEM, deputado Ronaldo Caiado (GO), apresentou requerimento, à Mesa Diretora, para que os ex-ministros de Minas e Energia Silas Rondeau e Dilma Rousseff e o atual, Edison Lobão, expliquem os investimentos feitos no setor energético durante todo governo do presidente Lula.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui