Calendário básico de vacinação de menores de 2 anos é ampliado

243
Foto: Pedro Cisalpino/SES MG

Desde março, crianças menores de dois anos de todo o país já podem ser vacinadas contra a bactéria pneumococo, causadora de meningites e pneumonias pneumocócicas, sinusite, inflamação no ouvido e bacteremia (presença de bactérias no sangue), entre outras doenças.

O Ministério da Saúde (MS) incluiu a vacina pneumocócica 10-valente no calendário básico de vacinação e a expectativa é de vacinar 530 mil crianças em todo o Estado. Em Minas Gerais, ocorreram 117 casos de meningite pneumocócica e 35 óbitos registrados em 2009. Este ano foram notificados, entre os meses de janeiro e fevereiro, nove casos, com cinco óbitos.

Dados do MS apontam que a pneumococo é a segunda maior causa de meningites bacterianas (pneumocócicas) no Brasil. Entre 2000 e 2008, manteve-se a média anual de 1.250 casos de meningite pneumocócica e 370 óbitos por ano. O pneumococo também é o principal agente causador de pneumonias em todas as faixas etárias. O número de internações no SUS por essa doença caiu de 950.162, em 2000, para 695.622, em 2008, com redução de 26,8%.

Vacina Meningocócica

Secretaria de Estado de Saúde (SES) começou a imunizar as crianças menores de dois anos contra a meningite meningocócica em novembro do ano passado, sendo o primeiro Estado do país a incluir a vacina no calendário básico.

Em setembro do ano passado, o Estado e o laboratório suíço Novartis assinaram acordo de transferência de tecnologia. Pelo acordo, a Fundação Ezequiel Dias (Funed), num prazo de cinco anos, estará apta para fabricar as doses, o que economizará em 40% os gastos do Estado no combate à meningite C. A produção será suficiente para atender não só aos mineiros, mas também uma parcela da população de outros estados.

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, “inicialmente, a vacina será incorporada ao Programa Mineiro de Imunização. Mas o fato da Funed ser um laboratório público, para atendimento às demandas do Sistema Único de Saúde (SUS) e, também, diante do interesse do Ministério da Saúde de incorporar a vacina no calendário nacional, espera-se que a produção em Minas contribua para o atendimento das necessidades também do Programa Nacional de Imunização”, completa.

Quando a vacina foi introduzida em Minas, a expectativa era vacinar 540 mil crianças no Estado. Até o momento foram vacinadas 457 mil crianças. O objetivo é que, em cinco anos, ela seja aplicada em 1,3 milhão de bebês. Para que isso aconteça, a SES investiu cerca de R$ 24,5 milhões na campanha, adquirindo 800 mil doses. O objetivo da iniciativa foi beneficiar a população de forma rápida. “O Governo de Minas se sensibilizou com uma causa e buscou solucionar o problema”, explicou a coordenadora de Imunização da SES, Tânia Brant.

Ao todo, são 3,7 mil pontos de vacinação espalhados no Estado. As crianças até dois anos são as que apresentam maior grau de letalidade quando infectadas pela meningite do tipo C. As que sobrevivem costumam sofrer graves seqüelas, como surdez, paralisia e demência.

Calendário básico

Com a introdução das vacinas, o Calendário Básico de Vacinação do Programa Nacional de Imunização (PNI) do MS passará a ter 13 tipos de vacinas para proteger contra 19 doenças.

A oferta total do PNI, considerando as imunizações especiais, passa a ser de 28 tipos de vacinas, nacionais e importadas. O número é 30% maior que em 2002, quando eram oferecidos 18 tipos.

Novo Calendário Básico de Vacinação depois da inclusão da pneumocócica 10-valente e anti-meningococo C

1.     BCG (contra tuberculose)

2.     Vacina contra hepatite B

3.     DTP (contra difteria, tétano e coqueluche)

4.     DTP+Hib (contra difteria, tétano e coqueluche e infecções por    Haemophilus influenzae tipo B )

5.     DT (dupla adulto – contra difteria e tétano)

6.     Vacina Hib (infecções por Haemophilus influenzae tipo B)

7.     Vacina contra poliomielite

8.     Vacina contra rotavírus

9.     Vacina contra febre amarela

10.   Tríplice viral (contra caxumba, rubéola e sarampo)

11.   Vacina contra Influenza (gripe)

12.  Vacina Pneumocócica (contra meningites bacterianas, pneumonias, sinusite, inflamação no ouvido e bacteremia)

13.   Vacina anti-meningocócica (contra doença meningocócica)

Esquema básico de vacinação

Pneumocócica 10-valente

Crianças menores de um ano

Esquema Vacinal: Serão ministradas três doses, mais um reforço no primeiro ano de vida da criança. Para o ano da implantação, haverá um esquema especial, no qual crianças de 12 meses a 24 meses de idade não vacinadas anteriormente, receberão a imunização.

Meningocócica C

Crianças menores de um ano

Esquema Vacinal: São ministradas duas doses, mais um reforço no primeiro ano de vida da criança. Para o ano da implantação, haverá um esquema especial, no qual crianças de 12 meses a 24 meses de idade não vacinadas anteriormente receberão a imunização.

Fonte: Agência Minas BELO HORIZONTE (30/03/10)

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui